Luto! Covid-19 mata cronista esportivo de prestígio em Minas Gerais

Antônio Carlos será sepultado na tarde desta quinta-feira em Poços de Caldas

Publicado em .

Antônio Carlos será sepultado na tarde desta quinta-feira em Poços de Caldas

Poços de Caldas, MG, 14 (AFI) – A falta de preparo dos governos estaduais e federal fez mais uma vítima da Covid-19 no Brasil. Morreu, na madrugada desta quinta-feira, em Poços de Caldas, no Sul de Minas Gerais, o radialista Antônio Carlos Pereira, conhecido por acompanhar os jogos da Caldense por mais de 30 anos.

Antônio Carlos sempre acompanhou a Caldense. (Foto: Divulgação)
Antônio Carlos sempre acompanhou a Caldense. (Foto: Divulgação)

Nascido em Botelhos-MG, no dia 16 de maio de 1955, Antônio Carlos Pereira tinha 65 anos e estava na UTI de um dos hospitais de Poços de Caldas, tendo sido diagnosticado com o novo coronavírus em 6 de janeiro. A situação agravou e, em poucos dias, acabou falecendo.

VEREADOR EM POÇOS DE CALDAS DESDE 1988
Ligado do esporte, Antônio Carlos Pereira atuou nas emissoras de Poços de Caldas acompanhando a Caldense desde os anos 1970, além de participar de programações de emissoras de televisão de Minas Gerais.

O prestígio como cronista esportivo deu a Antônio Carlos Pereira mandatos de vereador na cidade entre os anos de 1988 a 2020, tendo, também, exercido o cargo de Secretário de Esportes.

Nas últimas eleições municipais, Antônio Carlos obteve 878 votos e ficou na segunda suplência entre os vereadores eleitos pelo DEM.

Antônio Carlos será sepultado na tarde desta quinta-feira em Poços de Caldas.

(Com informações de Ailton Fonseca - Rádio Arquibancada - Poços de Caldas-MG)