Série D: Atual campeão, técnico quer Marcílio Dias-SC focado na segunda fase

"Agora é atenção total diante da Ferroviária que fez uma boa campanha. Temos que nos impor jogando em nossos domínios"

Publicado em .

"Agora é atenção total diante da Ferroviária que fez uma boa campanha. Temos que nos impor jogando em nossos domínios"

Itajaí, SC, 02 (AFI) - O Marcílio Dias-SC mantém os treinamentos visando seu próximo adversário, a Ferroviária-SP, em jogo válido pela segunda fase do Campeonato Brasileiro Série D. A primeira partida será realizada neste sábado (05), às 16h, no Estádio Gigantão, em Itajaí (SC) e o jogo decisivo em Araraquara (SP).

O time comandado pelo técnico Waguinho Dias conquistou sua classificação na última rodada da primeira fase do Grupo A8, após vencer o Pelotas-RS, por 1 a 0, com gol de Daniel Pereira. Para o treinador, agora é outro campeonato em que quer sua equipe focada nas duas partidas que valem a classificação entre os 16 melhores na terceira fase.

“Viemos de um jogo complicado diante do Pelotas, mas que houve entrega muito grande dos jogadores. Agora é atenção total diante da Ferroviária que fez uma boa campanha na primeira fase. Temos que nos impor jogando em nossos domínios na primeira partida”, disse o treinador.

CAMPANHAS

Para chegar a segunda fase, o time de Waguinho Dias teve 14 jogos, com cinco vitórias, seis empates e três derrotas e conquistou sua classificação na última rodada. A Ferroviária teve a quinta melhor campanha entre todos os clubes na primeira fase e tem o artilheiro da competição com 11 gols.

“Vamos enfrentar uma equipe experiente que fez grande investimento em busca do acesso, mas temos uma equipe de qualidade também e que está focada no jogo. Para podermos continuar nessa briga em busca do objetivo que é o acesso, temos que realizar um grande jogo em casa para depois decidir em Araraquara”, disse técnico Waguinho Dias.

CONHECE BEM

Se tratando da Série D do Brasileiro o técnico Waguinho é um bom conhecedor, pois é o atual campeão da divisão com time do Brusque. Há pouco mais de um ano ele levantava o troféu de campeão calando a Arena Amazônia com 50 mil torcedores na vitória nos pênaltis diante do Manaus-AM