Casagrande volta a "apanhar" na web após confusão com Marcelinho Carioca

Internautas voltaram a mostrar incoerência no discurso do comentarista da Globo

Publicado em .

Internautas voltaram a mostrar incoerência no discurso do comentarista da Globo

São Paulo, SP, 29 (AFI) - Casagrande lutou pelas Diretas Já na década de 80, quando vestia a camisa do Corinthians, mas atualmente o ex-jogador, ao que parece, não tem deixado ninguém se expressar. Ou desde que a opinião não seja diferente da sua. Após as confusões com Caio Ribeiro, companheiro de TV, opiniões diferentes sobre a volta do futebol, o ex-jogador tretou com Marcelinho Carioca e "apanhou" na web.

Marcelinho Carioca fez um vídeo ao lado do presidente Jair Bolsonaro que recebeu a nova camisa do Corinthians e a vestiu, mesmo sendo torcedor do rival Palmeiras. Casagrande não gostou e divulgou um vídeo próprio em que critica o ex-camisa 7 e pede respeito à instituição.

Casagrande criticou Marcelinho Carioca. (Foto: Reprodução)
Casagrande criticou Marcelinho Carioca. (Foto: Reprodução)
Os torcedores não perdoaram mais uma polêmica criada por Casagrande e voltaram a mostrar incoerência nos seus discursos. Alguns postaram notícias em que o mesmo Marcelinho Carioca entregou uma camisa do Corinthians ao ex-presidente Lula.

E AÍ?
E perguntaram: "Onde estava Casagrande?". Ou postaram a foto de Lula e Marcelinho e escreveram: "Aqui, Casagrande não se zangou". Outros postaram fotos em que Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, está ao lado de Lula na construção da Arena Corinthians.

Marcelinho ao lado de Lula. (Foto: Reprodução)
Marcelinho ao lado de Lula. (Foto: Reprodução)
Houve ainda fotos em que Lula bateu uma bolinha com Ronaldo. E o Fenômeno todo trajado de Corinthians. Houve ainda aqueles que mostraram uma notícia recente em que o comentarista da Globo elogia Raí, dirigente do São Paulo, por críticas a Bolsonaro.

DISCURSOS!
"Essa camisa representa liberdade e democracia. Nenhum ex-jogador tem direito de representar o clube politicamente, eu também não tenho. Isso aqui sempre foi democracia", disse Casagrande.

Lula, Mano Menezes, Andrés Sanchez e Ronaldo. (Foto: Reprodução)
Lula, Mano Menezes, Andrés Sanchez e Ronaldo. (Foto: Reprodução)
"Nação corintiana, aqui o nosso presidente, Jair Messias Bolsonaro, com a camisa do Coringão. Isso é democracia, isso é defender a MP do Futebol, isso é valorizar o futebol feminino", disse Marcelinho ao lado de Bolsonaro.

"Corinthians se mantém fiel às suas tradições, respeitando todas as correntes políticas e coerente com suas origens de clube de todos os brasileiros", diz nota oficial do Corinthians.