América-MG 1 x 2 São Bento - Coelho pipoca e fica na Série B do Brasileiro

O time mineiro dependia apenas das suas próprias forças para conquistar o acesso à elite

Publicado em .

O time mineiro dependia apenas das suas próprias forças para conquistar o acesso à elite

Belo Horizonte, MG, 30 (AFI) - O América-MG precisava de uma simples vitória sobre o já rebaixado São Bento para carimbar o retorno à elite do Brasileirão. A festa estava pronta, mas faltou avisar o Bentão.

Diante de um público superior a 20 mil pessoas, o América-MG perdeu para o São Bento, por 2 a 1, na Arena Independência, pela última rodada do Brasileiro da Série B.

Esse resultado, aliado ao empate sem gols do Atlético-GO com o Sport, deixou o Coelho na quinta colocação, com 61 pontos, um a menos que o Dragão. Por outro lado, o Bentão se despediu com três vitórias seguidas e em 18º lugar, com 39.

VEJA OS MELHORES MOMENTOS !

COMO ASSIM?
Diante de um Independência lotado, o América-MG começou em cima do São Bento e quase abriu o placar aos seis minutos. Júnior Viçosa recebeu dentro da área e bateu colocado. Paulo Vitor espalmou para escanteio. Na sequência, Sávio soltou a bomba em cobrança de falta e o goleiro defendeu.

América-MG fica na Série B após derrota para o São Bento (Foto: Mourão Panda/América)
América-MG fica na Série B após derrota para o São Bento (Foto: Mourão Panda/América)

O São Bento não conseguia ficar com a bola nos pés e era pressionado pelos donos da casa. Aos 25, Felipe Azevedo arriscou de longe e a bola passou raspando o travessão. O imprevisível aconteceu aos 28, quando o time paulista abriu o placar.

A zaga do América-MG não conseguiu cortar e a bola sobrou para Fábio Bahia bater de primeira por cobertura de Airton, que estava adiantado. No lance seguinte, Felipe Azevedo chutou rente a trave de Paulo Vitor. Aos 31, o camisa 11 arriscou e Paulo Vitor espalmou.

O pesadelo do torcedor mineiro aumentou aos 39. Minho escapou em velocidade pelo lado esquerdo e cruzou rasteiro. A zaga se atrapalhou e Guilherme Romão ampliou para o São Bento. Como era esperado, as vaias tomaram conta do Independência no intervalo.

NÃO DEU

Não tendo outra saída, o América-MG voltou do intervalo com tudo e acertou a trave de Paulo Vitor, em chute de Felipe Azevedo, logo aos dois minutos. A torcida do Coelho viu uma luz no fim do túnel aos 19. Ademir cruzou e Juninho desviou de cabeça no cantinho.

Logo depois, Felipe Azevedo cabeceou na rede pelo lado de fora. Aos 29, um bate e rebate dentro da área do São Bento quase resultou no gol de empate do América. João Cubas mandou pela linha de fundo. Na base do desespero, o Coelho abusava dos cruzamentos.

A pressão do América-MG era enorme. Aos 49, Ademir recebeu lançamento longo e cruzou rasteiro. Desequilibrado, Matheusinho mandou na rede pelo lado de fora. Esse foi o último lance do jogo.