Avaí vai ao STJD e protocola pedido de anulação da derrota para o CSA

Clube entende que houve erro do VAR em pênalti marcado a favor do time alagoano

Publicado em .

Clube entende que houve erro do VAR em pênalti marcado a favor do time alagoano

Florianópolis, SC, 09 (AFI) - Conforme já havia avisado por meio de nota oficial, publicada na segunda-feira, o Avaí acionou o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e protocolou na noite da última terça-feira um pedido de anulação da derrota por 3 a 1 sofrida diante do CSA. A partida foi realizada no último domingo, em Maceió, no Rei Pelé, pela 23ª rodada do Brasileirão.

Na nota de segunda, o clube explicou que recorreria a Justiça por “entender que houve erro na aplicação do protocolo do VAR naquele lance da marcação do pênalti, em prejuízo flagrante ao clube”.

Avaí quer anulação da partida contra o CSA. (Foto: Divulgação)
Avaí quer anulação da partida contra o CSA. (Foto: Divulgação)
O LANCE
O lance reclamado ocorreu aos 21 minutos do segundo tempo, quando Ricardo Bueno caiu na área e o árbitro gaúcho Anderson Daronco, integrante do quadro FIFA, deu pênalti, por considerar que o atacante foi empurrado.

A decisão foi tomada após consulta no árbitro de vídeo. Na sequência, Jonatan Gomez converteu a cobrança e deixou o placar marcando 2 a 1 a favor do time alagoano.

REAÇÕES
O pênalti causou muita indignação nos avaianos, tanto que o treinador Alberto Valentim se exaltou bastante ao comentar o lance. O clube ganhou apoio até da Federação Catarinense, que publicou uma nota de repúdio, contestando também o lance em que o árbitro Vinícius Gonçalves de Dias de Araújo validou, com o auxílio do VAR, um gol de Bruno Henrique, do Flamengo, contra a Chapecoense, na mesma rodada.