Ameaça de bomba pode adiar jogo de Chapecoense na Sul-Americana

Torcedores do Unión La Calera estão inconformados com mudança do escudo

Publicado em .

Torcedores do Unión La Calera estão inconformados com mudança do escudo

Chapecó, SC, 03 (AFI) - A Sul-Americana ainda não começou, mas a Chapecoense já enfrenta problemas, pelo menos não diretamente. Isto porque torcedores do Unión La Calera, do Chile, ameaçam jogar uma bomba no Estádio Nicolás Chahuán para adiar o jogo de ida da primeira fase, que está marcado para a próxima terça-feira.

O motivo é dos mais banais possíveis, típicos da paixão do futebol. Os torcedores da equipe chilena estão inconformados com a mudança do escudo do clube que aconteceu em janeiro. A ameaça foi deixada em cartazes e pichações por vários setores do Nicolás Chahuán.

Se a diretoria da equipe chilena não voltar ao escudo original até a próxima segunda-feira às 16 horas, os torcedores ameaçam jogar bombas no estádio para adiar o jogo. A diretoria do Unión ainda não se manifestou sobre o caso, mas a polícia chilena investigou o estádio para tentar identificar de onde vem as ameaças.

Considerado um clube pequeno no Chile, o Unión La Calera disputará seu primeiro torneio internacional. O time surpreendeu no Campeonato Chileno do ano passado, quando chegou a disputar a liderança por algumas rodadas. Em janeiro deste ano, a diretoria inaugurou as reformas no Nicolás Chahuán com o lançamento de um novo uniforme e novo escudo. Desde então, o clube sofre com protestos e, agora, ameaças.