Opinião Sérgio Carvalho: Rogério Ceni e Fernando Diniz estão na corda bamba

Os dois polêmicos técnicos brasileiros entraram na lista dos mais ameaçados pela degola

por SÉRGIO CARVALHO - - - Campinas

Depois dos resultados da última rodada do Brasileirão 2021 dois polêmicos técnicos brasileiros entraram na lista dos mais ameaçados pela degola: Rogério Ceni, do Flamengo e Fernando Diniz, do São Paulo. No caso do treinador rubro negro, até agora ele não conseguiu fazer seu time jogar.

Ceni decepciona em quase todas as rodadas e o time que está sob seu comando não consegue evoluir. Além disso, Ceni tem gênio forte. Não aceita ser contrariado ou ser peitado. Essa arrogância toda vem desde os tempos de São Paulo, onde transformou-se num verdadeiro mito e no maior ídolo da torcida tricolor.

CENI DIZ QUE VENCER É A CHAVE

CENI ANTIPÁTICO
Ceni até extrapola no seu direito de ser antipático. Não tem nenhuma humildade e não reconhece seus erros. Tanto que em cada derrota do Flamengo culpa o campo, a falta de torcida ou a incompetência de algum jogador. Para ele, só os outros erram. Ele, jamais.

Rogério Ceni acumula decepções no Flamengo
Rogério Ceni acumula decepções no Flamengo

Paralelamente, Diniz, é bem mais acessível. É mais humilde. Mas tem o grave defeito de ser turrão. Desde que assumiu o cargo, ele insiste na implantação de um mesmo esquema. Sem variações. E mesmo quando seu time está perdendo o jogo, Diniz parece disposto a insistir no erro só para não abdicar de seu esquema.

Além disso, demora demais para fazer alterações mesmo quando seu time está em desvantagem no placar e, quando resolve mudar, nem sempre é feliz na escolha do jogador que vai entrar ou que vai sair. No último domingo, Ceni viu seu time ser derrotado dentro de casa diante de um time que ainda se esforça para não ser rebaixado, o Ceará.

DINIZ ACHA QUE LUCIANO FAZ FALTA

VEXAME NO MORUMBI
Enquanto isso, dentro de casa, no Morumbi, onde o São Paulo não perdia há muito tempo, Diniz viu seu time perder para o sub 20 do Santos por 1 a 0. Um completo desastre.

Os jogos de Flamengo e de São Paulo foram no domingo e já nesta segunda- feira, os comentários e ironias em cima dos dois treinadores tomaram conta dos programas esportivos e também das redes sociais.

Diniz com altos e baixos no São Paulo
Diniz com altos e baixos no São Paulo

No caso de Ceni, a pressão que já era forte antes do jogo começar, ficou ainda pior. Há quem diga até que ele sai antes da semana terminar. Já Diniz vai continuar apesar de todo o desgaste que sofreu.

TUDO É POSSÍVEL
É que o novo presidente tricolor Julio Casares e o gerente de futebol Murici Ramalho, não querem tomar decisões radicais nesse momento. Mas se a sequência de resultados negativos persistir, Diniz será demitido. E mesmo que ainda seja campeão, a demissão será confirmada.

Diante disso, fica evidente que, nem Ceni, nem Diniz, são técnicos para grandes clubes. Servem apenas para dirigir clubes de médio porte e ponto final.

SÉRGIO CARVALHO - -
Sérgio Carvalho é um dos ícones do jornalismo esportivo brasileiro. Sua coluna ganhou mais de cincoenta prêmios durante o período em que foi publicada pelo Diário de São Paulo (antigo Diário Popular) durante mais de vinte anos. Hoje é um dos pontos de referência entre os colunistas do Futebol In
Veja perfil completo
Veja todos