Verdão só empata em casa e Flamengo agradece na liderança isolada do Brasileiro

A diferença entre Flamengo (líder) e Palmeiras (vice líder) aumentou de três para cinco pontos ganhos

por SÉRGIO CARVALHO - - - Campinas

A vigésima terceira rodada do Campeonato Brasileiro disputada nesse último final de semana foi muito produtiva para o Flamengo, do Rio de Janeiro. Isso porque enquanto seu time venceu domingo de manhã a Chapecoense, em Chapecó por 1 a 0, à tarde o Palmeiras, maior concorrente do Mengão, só empatou com o Atlético MG em 1 a 1 dentro da Allianz Arena.

Como consequência, a diferença entre Flamengo (líder) e Palmeiras (vice líder) aumentou de três para cinco pontos ganhos, o que deixa o rubro negro carioca numa situação ainda mais confortável nesta verdadeira guerra pelo titulo brasileiro da temporada.

De qualquer forma, entre os quatro grandes do futebol paulista, o Palmeiras é o time que mais pontuou até agora. Com o empate diante do Galo chegou a 47 pontos ganhos. O Santos, pulou para 44, ao vencer no Rio de Janeiro ao Vasco da Gama, por 1 a 0, dentro de São Januário.

Palmeiras não foi bem contra o Atlético-MG
Palmeiras não foi bem contra o Atlético-MG

PAULISTAS NA COLA
O Corinthians, que conseguiu bom empate contra o Grêmio em Porto Alegre (0x0). manteve a quarta colocação na classificação geral. E o São Paulo, que venceu o Fortaleza, sábado, no Pacaembu por 2 a 1, firmou-se na quinta colocação com 39 pontos.

Ou seja. Do primeiro colocado, o Flamengo, até o quinto, aparecem na sequência os quatro grandes do futebol de São Paulo. O que é um privilégio.

O sexto colocado é o Internacional, de Porto Alegre, com 38 pontos. Num levantamento que fizemos para saber qual o melhor time do campeonato, chegamos à conclusão de que é o Flamengo, porque em todos os itens, exceto no que se refere a defesa, o Mengão tem os melhores números.

OS MELHORES NÚMEROS

Flamengo venceu Chape com mistão
Flamengo venceu Chape com mistão

Por exemplo, o clube que conseguiu maior número de vitórias foi o rubro negro carioca, 16 em 23 jogos. Melhor ataque também é o do Flamengo com 48 gols e o melhor saldo é do time de Jorge Jesus com 28 gols até agora.

No único item que o Mengão não se dá bem é o da melhor defesa. Nesse item aparece o Corinthians que sofreu até agora apenas 13 gols em 23 jogos.

PIOR É O LANTERNA
Enquanto isso, o pior time do campeonato até esse momento é a Chapecoense com 14 derrotas em 23 jogos. Diante desses números sou capaz de apostar que o time de Chapecó vai mesmo cair para a série B no final desse ano.

Acho quase impossível sua recuperação. Entre os clubes de maior bagagem, o Fluminense ao vencer o Botafogo neste domingo foi para 25 pontos e ficou mais distante da Z4.

Em compensação o Cruzeiro continua entre os quatro últimos colocados com 20 pontos e tem cada vez menos tempo para se recuperar.

C *U * R * T * A * S

*EM MINHA opinião o Palmeiras jogou sua pior partida sob o comando de Mano Menezes. Por pouco o Verdão não é derrotado, porque o Atlético Mineiro jogou bem, criou situações de gol e teve chance de chegar ao final do jogo com a vitória.

Foi preciso muito esforço dos jogadores do Palmeiras para ao menos empatar a partida deste domingo, na Allianz Arena, contra o Galo Mineiro. O empate em1a 1 acabou ficando bem para os dois times. Os gols do jogo foram marcados por Nathan, aos 47 do primeiro e Dudu aos 37 minutos do 2º tempo.

PROBLEMAS DE MANO MENEZES

* OS PROBLEMAS do time dirigido por Mano Menezes foram muitos. A defesa que sempre foi destaque do time, não funcionou direito desta vez. No meio campo faltou criatividade e no ataque falta de competência nas finalizações. Dudu foi o jogador mais lúcido do Palmeiras.

Os demais, oscilaram muito durante o jogo e irritaram a torcida que tomou conta de boa parte da Arena palmeirense. O melhor time no que se refere a esquema tático foi o do Atlético. O Palmeiras foi aos trancos e barrancos até conseguir empatar. Um jogo para ser esquecido.

FORA MATTOS !
* NO FINAL da partida a Mancha Verde, maior uniformizada do Palmeiras, parou num dos portões da Allianz Arena para gritar contra o diretor de futebol Alexandro Mattos. Mano Menezes assistiu o jogo de um camarote da Arena verde porque estava suspenso.

Sidnei Lobo, seu assessor, o substituiu. Nada menos do que 32.659 torcedores pagaram ingresso para ver o jogo. Lucas Lima que teve mais uma chance no time principal, decepcionou a comissão técnica e a torcida. No final acabou vaiando. Dificilmente ele vai continuar como titular do time.

TIMÃO COMO SEMPRE...

* O CORINTHIANS jogou como sempre. Todo fechado com excesso de preocupação defensiva e sem nenhuma qualidade ofensiva. O resultado foi um empate sem gols contra o Grêmio lá em Porto Alegre.

O Tricolor gaúcho jogou melhor, procurou o gol, criou boas jogadas de ataque. Mas parou no paredão defensivo do Corinthians, que não por acaso, tem a defesa menos vazada do campeonato. Só que dessa forma, o time de Fábio Carille não vai brigar pelo título como desejam seus jogadores. No máximo disputar a Libertadores do ano que vem.

* DESTAQUES do Timão neste jogo. Cássio, para variar, segurou tudo que surgiu à sua frente. Na linha de zagueiros todos foram bem, mas Gil merece citação especial. No meio campo o melhor foi Ralf, em grande forma. No Grêmio brilharam David Braz, Kannemann, Maicon e Everton Cebolinha.

Público na arena gremista foi decepcionante. Apenas 16.542 pagantes foram ver a partida. Para o técnico Renato Gaúcho foi bom perceber que o meio campista Maicon está quase recuperado. A continuar assim jogador enfrenta o Flamengo pela Libertadores.

SÃO PAULO VENCE CENI

* O SÃO PAULO finalmente conseguiu vencer em casa depois de uma série de maus resultados no Campeonato Brasileiro. A vitória foi sobre o limitado Fortaleza, de Rogério Ceni, que até complicou um pouco o futebol tricolor, mas acabou cedendo terreno para seu adversário que venceu a partida por 2 a 1.

Foi a estreia em casa do técnico Fernando Diniz no São Paulo. Já deu para sentir o dedo desse polêmico treinador principalmente no primeiro tempo da partida. Mais posse de bola, maior agressividade e maior aplicação tática de todos os jogadores.

GOLS E DESTAQUES

* A VITÓRIA foi justa. Os gols foram marcados por Pablo, aos 13 minutos e Wellington Paulista aos 39 do primeiro tempo. Igor Gomes desempatou para o São Paulo aos 34 minutos do segundo tempo. O jogo foi no Pacaembu já que o Morumbi foi alugado para um show de rock.

O Pacaembu recebeu bom público (31.964 pagantes) e teve recepção extremamente festiva para o mito Rogério Ceni, que continua sendo o maior ídolo da torcida tricolor. O ex goleiro do São Paulo procurou dissimular mas ficou bastante emocionado com a homenagem recebida.

* NO TIME do São Paulo destaque para Arboleda, melhor da linha de zaga onde Reinaldo, muito irritado, só se complicou. No meio campo Daniel Alves se destacou ao lado de Hernanes. Na frente, boa presença de Pablo, que mais uma vez fez seu gol. Outro que surpreendeu pela mobilidade e objetividade foi o jovem Antony.

Parece que com as orientações de Diniz ele ganhou mais confiança e criou boas jogadas inclusive aquela que deu a Igor Gomes fazer o segundo gol. Ygor, por sinal, entrou no segundo tempo e foi muito bem até o final da partida.

PEIXE: PONTOS IMPORTANTES

* O SANTOS jogou fora mas faturou três pontos importantes. Time da Vila jogou em São Januário, que é um verdadeiro caldeirão, contra o aplicado Vasco da Gama de Vanderlei Luxemburgo e chegou ao final da partida com vitória justa por 1 a 0, gol marcado por Tailson, aos 4 minutos do segundo tempo.

Dessa vez os comandados pelo argentino Sampaoli, fizeram uma partida de boa qualidade com muita eficiência defensiva e boas jogadas de ataque. O Vasco até tentou segurar mas a melhor qualidade do elenco santista acabou por prevalecer.

* COM MAIS três pontos, o Santos manteve de pé seu objetivo de perseguir Flamengo e Palmeiras, na briga pelo título do Brasileirão. Só que, para chegar ainda mais perto desses dois clubes, o Peixe vai precisar que alguns de seus principais jogadores voltem a jogar o que sabem.

Soteldo, que vinha sendo o melhor do time, caiu de produção e contra o Vasco não produziu o esperado. Em compensação, o goleiro Everson, o zagueiro Veríssimo, o lateral Victor Ferraz e o meio campo Pituca jogaram um futebol de qualidade. Bom resultado do Santos.

VEJA OS MELHORES

* OS OUTROS resultados da 23ª rodada do Brasileiro. Bahia 1 x Athletico PR 2. Cruzeiro 1 x Inter 1 (resultado ruim para o time mineiro). Chapecoense 0 x Flamengo 1. Ceará 0 x Goiás 1 .Botafogo 0 x Fluminense 1 . CSA 3 x Avaí 1.

Números do campeonato:

Clube com maior número de vitórias - Flamengo, 16.

Melhor ataque - Flamengo, 48 gols em 23 jogos.

Melhor saldo - Flamengo, 28.

Melhor defesa - Corinthians - 13 gols em 23 jogos.

Pior clube do Brasileiro - Chapecoense que 14 derrotas em 23 jogos. Tudo indica vai cair para a Série B em 2020.

OLHA A CLASSIFICAÇÃO
*CLASSIFICAÇÃO do Brasileiro: o Flamengo é o líder absoluto com 52 pontos ganhos. O Palmeiras tem 47. O Santos, 44. O Corinthians, 42. São Paulo, 39. Grêmio, 35. Atlhetico PR, 34. Goiás, 33. Atlético MG, 31. Botafogo e Vasco, 27. Fluminense e Fortaleza, 25. Ceará, 23. Cruzeiro, 20.

CSA 22. Cruzeiro, 20. Avaí, 16. Chapecoense, 15. Como se percebe o Flamengo já está com cinco pontos à frente do Palmeiras, segundo colocado.

Na Z4 o CSA reagiu e é o primeiro ameaçado para cair. O Cruzeiro já é um dos três piores. Vai de mal a pior..

OS PROXIMOS JOGOS
* PRÓXIMOS jogos. Pela 24ª rodada - quarta feira - Botafogo x Goiás, no Rio de Janeiro. CSA x Internacional, em Maceió. Fortaleza x Chapecoense em Fortaleza. Grêmio x Ceará, em Porto Alegre. Bahia x São Paulo, as 21 horas, em Salvador.

Cruzeiro x Fluminense, em Belo Horizonte. Santos x Palmeiras, na Vila Belmiro, em Santos, as 21h30. Quinta feira - Corinthians x Athletico PR, em Itaquera. Avaí x Vasco da Gama, em Florianópolis. Flamengo x Atlético MG, no Rio de Janeiro.

Depois dessa, faltarão 15 rodadas para o final do campeonato.

SÉRGIO CARVALHO - -
Sérgio Carvalho é um dos ícones do jornalismo esportivo brasileiro. Sua coluna ganhou mais de cincoenta prêmios durante o período em que foi publicada pelo Diário de São Paulo (antigo Diário Popular) durante mais de vinte anos. Hoje é um dos pontos de referência entre os colunistas do Futebol In
Veja perfil completo
Veja todos