São Paulo foi o dono do clássico Majestoso no Morumbi pelo Brasileirão

Os dois rivais agora têm a mesma pontuação (43 pontos) na tabela de classificação do Brasileirão

por SÉRGIO CARVALHO - - - Campinas

Fernando Diniz não só manteve sua invencibilidade como técnico do São Paulo, como venceu seu primeiro clássico no comando do São Paulo na noite desse domingo. Até agora, foram quatro jogos, com três gols marcados e um sofrido, duas vitórias e dois empates. Nenhuma derrota.

Para o Tricolor esta foi uma vitória muito especial porque, além de vencer um de seus adversários mais tradicionais, conseguiu igualá-lo no número de pontos ganhos na tabela de classificação. Única diferença entre os dois agora é o melhor saldo de gols do Corinthians que tem 11 gols contra 10 do São Paulo.

São Paulo buscou a vitória no Morumbi
São Paulo buscou a vitória no Morumbi

TORCIDA APOIOU

Torcida tricolor compareceu em bom número ao Morumbi. Foram 37.561 torcedores presentes, que incentivaram seu time durante os mais de noventa minutos de jogo e foram importantes nesta difícil mas merecida vitória tricolor sobre o chamado Timão.

O único gol foi marcado por Reinaldo, de pênalti sobre Vitor Bueno, um dos melhores jogadores da partida. Nos dois tempos o São Paulo foi superior ao Corinthians. Time de Fabio Carille jogou com o freio de mão puxado.

TIMÃO SEM FORÇA

Só defendeu, trocou bolas na defesa e não teve nenhuma profundidade no ataque. O meio campo, em especial, falhou. Chegamos ao cúmulo de ver Vagner Love, um autêntico centro avante e um goleador de reconhecida capacidade, jogando de lateral esquerdo, na função de zagueiro ao invés de estar lá na frente para tentar gols em favor de sua equipe.

Pelo que pude observar, o Corinthians esgotou o atual esquema tático utilizado por Carille. O time só se defende. Não sabe criar e arremata pouco contra o gol adversário. Diante disso, pode, a partir de agora, entrar uma fase extremamente negativa, com sequência de empates e até derrotas, que poderão tirá-lo fora da briga para disputar a Copa Libertadores do ano que vem.

Diniz vai se encaixando no São Paulo
Diniz vai se encaixando no São Paulo

NÍTIDA EVOLUÇÃO
Quanto ao São Paulo, é nítida sua evolução como time de futebol depois que Felipe Diniz assumiu a direção técnica da equipe.

Hoje, ao contrário da época de Cuca, o São Paulo tem um esquema tático e uma forma de jogar bem clara.

O time privilegia o toque de bola, marca no campo todo e se arrisca muito na tentativa de chegar ao gol adversário. Além disso, tem uma defesa fantástica que só sofreu dezesseis gols em 25 jogos disputados.

Enquanto o Tricolor paulistano venceu o clássico, os dois outros clubes paulistas também somaram pontos na rodada deste último final de semana.

VERDÃO E PEIXÃO
O Palmeiras, que jogou no sábado à noite, venceu o Botafogo carioca por 1 a 0. Já o Santos, mesmo contra o Inter lá em Porto Alegre, chegou ao final do jogo com justo empate diante do Colorado gaúcho.

Com esses resultados, o Corinthians estacionou nos 43 pontos. O Palmeiras que venceu o Botafogo foi a 50, o Santos com o empate no sul chegou aos 48 e o São Paulo com a vitória no clássico também saltou de 40 para 43 pontos ganhos.

Depois de mais essa rodada, o Flamengo está disparado na liderança do campeonato com 58 pontos. Ninguém segura o rubro negro carioca. Time de Jorge Jesus é mesmo o melhor do Brasil e o mais provável campeão brasileiro nesse ano.

C * U * R * T * A * S

* MELHORES jogadores do clássico do Morumbi. No São Paulo, Arboleda o melhor da defesa. Luan e Hernanes no meio campo e Pato no ataque. Aliás, não houve jogador que tenha jogado mal no time de Felipe Diniz.

No Corinthians, destaque para Cássio no gol, Gil no miolo da zaga. No meio campo ninguém pode ser destacado. No ataque, ainda pior. Só Boselli se esforçou nesse setor, mas como a bola chegou pouco, ele pouco pode fazer. Entre os técnicos, Diniz foi muito superior que Carille. Técnico alvinegro muda script ou pode cair em pouco tempo.

PEIXE COMEÇOU BEM

* SANTOS começou o jogo no Beira Rio à todo vapor. Chegou até a fazer um gol que o VAR anulou. Aos poucos, no entanto, caiu de produção e foi melhor na defesa que no ataque. O Inter, como jogou em casa, procurou mais o gol, mas também não foi feliz nos arremates.

No final, o empate sem gols foi dos mais justos. Para o Colorado gaúcho não foi um bom resultado, porque jogou em casa. Mas para o time de Jorge Sampaoli até que ganhar um ponto

Inter e Santos ficaram no zero a zero
Inter e Santos ficaram no zero a zero
fora de casa é uma boa. Mas precisa melhorar sua produção ofensiva que está bem ruim.

* GOLEIRO Ederson, do Santos, teve altos e baixos. Ainda acho que o goleiro Vanderlei é melhor que ele, mas Sampaoli prefere manter Ederson.

Na defesa Veríssimo e Gustavo Henrique foi muito bem. No meio campo gostei mais de Pituca. E no ataque, o que mais deu trabalho à defesa do Inter foi Sasha. No Colorado gostei de Cuesta na defesa.

Dali para frente, muito bom o trabalho de Patrick, que está voltando a sua melhor forma e D´Alessandro que voltou a mostrar um futebol de alto nível apesar de sua veteranice. Ainda tem muita lenha para queimar.

VERDÃO FOI DEVAGAR

* PALMEIRAS jogou no sábado à noite e faturou três pontos. Placar magro, de 1 a 0, mas justo. O Verdão foi sempre superior ao Botafogo carioca, que demitiu seu técnico e não atravessa bom momento. Foi um jogo de recuperação do Verdão, que vinha de resultados negativos e parecia ter perdido aquele ritmo vitorioso da chegada de Mano Menezes.

O gol foi marcado por Thiago Santos, que substituiu Felipe Melo. O volante, por sinal, além de fazer uma bela partida, também fez um lindo gol para o Palmeiras. Deixou o gramado aplaudido pela torcida.

Thiago Santos fez o gol da vitória palmeirense
Thiago Santos fez o gol da vitória palmeirense

* OUTROS jogadores que foram bem no time do Palmeiras diante do Botafogo. O volante Bruno Henrique, que voltou a sua melhor fase técnica e Dudu que continua sendo o jogador mais lúcido do Palmeiras do meio campo para frente.

No Botafogo, brilhante exibição do veterano goleiro Diego Cavalieri que fez grandes defesas e evitou um placar mais elástico em favor do Verdão. Com essa vitória, o Palmeiras firmou-se em segundo lugar na classificação geral do campeonato a oito pontos do Flamengo. É o melhor paulista na classificação geral.

RESULTADOS E CLASSIFICAÇÃO

* TODOS os resultados da vigésima quinta rodada do Brasileiro. Goias 1 x CSA 0. Fluminense 2 x Bahia 0. Palmeiras 1 x Botafogo 0. Internacional 0 x Santos 0. Ceará 1 x Avai 0. Vasco da Gama 1 x Fortaleza 0. Athletico PR 0 x Flamengo 2. São Paulo 1 x Corinthians 0. Atlético MG 1 x Grêmio 4. Chapecoense 1 x Cruzeiro 1.

A grande surpresa da rodada sem dúvida foi a goleada de 4 a 1 imposta pelo Grêmio, em Belo Horizonte, contra o Atlético MG. O Galo mineiro está em baixa e, tudo indica, não terá chance de vaga na próxima Libertadores 2019.

Flamengo passou pelo Athletico na Baixada
Flamengo passou pelo Athletico na Baixada

* VEJAM COMO ficou a classificação do Campeonato Brasileiro depois dos resultados acima. O Flamengo é líder absoluto com 58 pontos ganhos. O Palmeiras é o segundo colocado com 50.O Santos tem 48. Corinthians e São Paulo, 43. Grêmio, 41. Internacional, 39. Bahia, 38.

Goiás, 36. Athletico PR, 35. Atlético Mineiro e Vasco da Gama, 31. Botafogo, 30. Fluminense, 29. Fortaleza, 28. Ceará, 26. CSA, 25. Cruzeiro, 21. Avaí, 17. Chapecoense, 16. Cruzeiro chegou a vencer o jogo em Chapecó por 1 a 0 mas permitiu o empate no final da partida.

MAIS JOGOS À VISTA

* O BRASILEIRÃO não pára. Mal acaba uma rodada e a outra já surge três dias depois. A vigésima sexta rodada será disputada nesse meio de semana. Confiram os jogos. Nesta quarta feira - Grêmio x Bahia, em Porto Alegre. CSA x Atlético MG, em Maceió.

Fortaleza x Flamengo, em Fortaleza. Cruzeiro x São Paulo, em BH, as 21 horas. Palmeiras x Chapecoense, em São Paulo, as 21 horas. Vasco da Gama x Botafogo, no Rio. Goiás x Corinthians, em Goiânia, as 21h30. Na quinta feira mais três jogos. Santos x Ceará, na Vila Belmiro, as 19h15.

Chapecoense empatou no fim e ainda é lanterna
Chapecoense empatou no fim e ainda é lanterna
* AVAI x Internacional, em Florianópolis e Fluminense x Athletico PR, no Rio, completam a rodada. Nos dez jogos programados, só um clássico, Vasco da Gama x Botafogo, em São Januário.

Dos quatro grandes paulistas, dois jogam fora, São Paulo e Corinthians. Os outros dois, Palmeiras e Santos atuam em seus domínios.

O Flamengo que é o líder disparado do campeonato encara um adversário teoricamente bem mais fraco, o Fortaleza, de Rogério Ceni. A tendência é que vença e salte mais três pontos à frente. Faltam 12 rodadas para o final.

SÉRGIO CARVALHO - -
Sérgio Carvalho é um dos ícones do jornalismo esportivo brasileiro. Sua coluna ganhou mais de cincoenta prêmios durante o período em que foi publicada pelo Diário de São Paulo (antigo Diário Popular) durante mais de vinte anos. Hoje é um dos pontos de referência entre os colunistas do Futebol In
Veja perfil completo
Veja todos