Guarani transforma o 'não' de segunda-feira em 'sim' na terça

Guarani transforma o 'não' de segunda-feira em 'sim' na terça

por ARIOVALDO IZAC - - - Campinas

Há um conceito no mundo dos negócios de que o vendedor já cogita ouvir o 'não' de seu interlocutor, e precisa usar habilidade para reverter a tacada.

Pois os presidentes de Ponte Preta e Guarani, Sebastião Arcanjo e Ricardo Moisés respectivamente, ouviram um sonoro 'não' do prefeito de Campinas Jonas Donizete na segunda-feira, quando ainda estavam esperançosos pela permissão para que elencos de seus clubes pudessem voltar aos treinamentos.

Na programação esportiva da Rádio Brasil Campinas, nesta terça-feira, fiz citação que os clubes campineiros carecem de dirigentes talhados para anteverem os fatos.

Presidentes Arcanjo e Moisés não apresentaram propostas alternativas para se contraporem aos argumentos do prefeito, de substancial crescimento de contágio do coronavírus, o que teria implicado em ocupação quase total dos leitos disponibilizados pelo poder púbico na cidade.

LAURO MORAES

Foi quando lembrei da importância de um perfil de dirigente do tipo do ex-presidente pontepretano Lauro Moraes, que certamente não chegaria à reunião de mãos abanando.

Rodado e catimbeiro, de certo doutor Lauro colocaria à mesa documento com assinaturas dos componentes que integram grupo de treinamentos de seu clube, com compromisso de não fazer uso de ITI e leitos hospitalares da rede pública, na hipótese de contágio do coronavírus.

Ora, se jogadores, membros da comissão técnica e funcionários com estreita ligação ao futebol são assegurados por planos privados de saúde, seria uma forma de se contrapor à justificativa do prefeito sobre ocupação de leitos disponibilizados pelo SUS.

GUARANI

Importante é que o presidente Moisés, do Guarani, não 'dormiu de touca'.

Em reunião com os seus pares, foi extraída oportuna decisão do futebol do clube de se abrigar em cidade da região, para antecipar a volta aos treinamentos.

E foi a vizinha Americana, que dista 33 quilômetros de Campinas, quem foi solícita para recepcioná-lo.

Osmar Najar (esq.) e Ricardo Moisés - Site oficial do Guarani F.C.
Osmar Najar (esq.) e Ricardo Moisés

Tanto o prefeito Osmar Najar como o presidente do Rio Branco Gilson Bonaldo abriram as portas do Estádio Décio Vitta ao Guarani. A foto foi extraída do portal oficial do Guarani.

Circulam informações de que o retorno dos jogadores aos treinos deve ser breve, mas cabe o esclarecimento de que todos os clubes que integram o Paulistão se comprometeram à volta conjuntamente.

ARIOVALDO IZAC - -
Jornalista esportivo há 35 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.
Veja perfil completo
Veja todos