Biro-Biro é o artilheiro da Ponte Preta com sete gols; CBF o identifica apenas como Diego

Borges marcou cinco gols com a camisa da Macaca neste Brasileiro

por ARIOVALDO IZAC - - - Campinas

Para os jornalistas da CBF não existe o atacante Biro-Biro da Ponte Preta na planilha de artilheiros do Campeonato Brasileiro.

Quem pesquisar a seção de artilharia do site oficial da entidade vai constatar que o jogador Diego Santos Gama Camilo, da Macaca, divide o sexto lugar no quesito artilharia com Rafael Marques do Palmeiras, Erik do Goiás e Walter do Atlético Paranaense com sete gols.

Ora, quem é Diego Santos no elenco da Ponte Preta?

Como ninguém é obrigado a distinguir jogador de seu time pelo nome de certidão de nascimento, o próprio site da CBF coloca uma coluna adicional com o respectivo apelido e, no caso em questão do jogador pontepretano, citaram como apelido Diego.

Diego? Não. Ali deveriam citar Biro-Biro, jogador emprestado à Ponte Preta, mas com direitos econômicos vinculados ao Fluminense. Ele tem 1,64m de altura e que vai completar 21 anos apenas no dia 22 de novembro.

Portanto, senhores assessores de imprensa da Ponte Preta, peçam aos seus colegas de jornalismo da CBF que providenciem a correção no quadro de apelidos de artilheiros, a fim de que o atleta pontepretano seja devidamente identificado.

Levem em conta que incontáveis veículos de comunicação do país copiam dados do site oficial da confederação para retransmissão ao seu público alvo.

BORGES

Se Biro-Biro, que joga pelos lados do campo, já tem sete gols, claro está que seu companheiro Borges continua devendo.

Borges balançou as redes adversárias apenas cinco vezes, situando-se no mesmo patamar do veteraníssimo Marcelinho Paraíba do fraco Joinville, que em maio passado completou 40 anos de idade.

Acreditem: Borges está empatado na artilharia com seu ex-companheiro de equipe Renato Cajá. Pode?

O artilheiro disparado do Campeonato Brasileiro é Ricardo Oliveira, do Santos, com 19 gols. Na segunda colocação aparecem igualados com 12 gols Jadson e Lucas Pratto, de Corinthians e Atlético Mineiro, respectivamente. A lista segue com Wagner Love (Corinthians), André (Sport) dez, e com nove gols estão André Lima (Avaí), Pato (São Paulo) e Bruno Rangel (Chapecoense).

ARIOVALDO IZAC - -
Jornalista esportivo há 35 anos. Trabalhou, como jornalista, nas emissoras de Rádio Brasil, Educadora, Central, Jequitibá e Capital (São Paulo). Nos jornais: Diário do Povo e Jornal de Domingo, ambos de Campinas, e editor de Economia e Opinião do Jornal Todo Dia, de Americana.
Veja perfil completo
Veja todos