Goiano: Meia Sérgio Mota deixa o Vila Nova dez dias após ser contratado

O jogador disputou a última Série B pelo Luverdense e chegou no final de dezembro para reforçar o elenco do Tigre

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 11 (AFI) – A passagem de Sérgio Mota pelo Vila Nova foi uma das mais rápidas da história do futebol, durando pouco mais de dez dias, sem nenhuma partida disputada. O meia contratado em dezembro teve seu contrato rescindido nesta quarta-feira para acertar com o Zhejiang Yiteng, da China.

Sérgio Mota disputou a última Série B do Campeonato Brasileiro pelo Luverdense e chegou para reforçar o elenco do Vila Nova visando a temporada de 2018, mas a equipe goiana terá de procurar outra opção para o setor.

Nas duas semanas em que foi atleta do Vila, o meia treinou com o elenco, mas não chegou a entrar em campo pelo clube goiano.

Formado nas categorias de base do São Paulo, o meia rodou o Brasil defendendo equipes como Ceará, Icasa, Santo André, Penapolense, América-MG, Botafogo-SP e CRB.

Sua única experiência fora do país foi em um empréstimo ao Seattle Sounders, dos Estados Unidos, em 2015. Na ocasião, ficou no elenco reserva da equipe americana e logo retornou ao futebol nacional, para sua primeira passagem pelo Luverdense.