Justiça penhora R$ 39 mil do Vasco por dívida, mas só acha R$ 34,48

Com isso, o valor foi devolvido e o bloqueio será a partir de receitas provenientes dos patrocinadores do clube

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 16 (AFI) - O Vasco passou por uma situação, no mínimo, curiosa, para não dizer vergonhosa. Por conta de uma dívida devido a compra de areia lavada, o Cruzmaltino teve o valor de R$ 38.943,52 penhorado pela Justiça, que só encontrou R$ 34,48. Com isso, o valor foi devolvido e o bloqueio será a partir de receitas provenientes dos patrocinadores do clube. A informação foi divulgado pelo Esporte News Mundo.

Benítez: "O Vasco te faz sentir algo que o torna um torcedor a mais do clube":

Espaço incorporado por HTML (embed)

Foto: Rafael Ribeiro / Vasco
Foto: Rafael Ribeiro / Vasco

A decisão foi feita pelo juiz Eric Scapim Cunha Brandão, da 28ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) e favorece a empresa Irmãos Fernandes Comércio de Materiais de Contrução LTDA.

Em janeiro de 2019, o Vasco comprou 570³ de areia lavada e até chegou a entrar em acordo para parcelamento da dívida, mas a empresa alega que o clube carioca não cumpriu com o combinado.