Sul-Americana: Por conta de crise de segurança, adversário do Fortaleza terá escolta 24h

A polícia militar irá acompanhar todos os deslocamentos do Independiente-ARG em sua estadia à capital do Ceará

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 24 (AFI) - A crise de segurança, devido ao motim de policias militares que estão em greve no Estado do Ceará, está assustando a todos. Por conta disso, o Independente-ARG está tomando todas as precauções para garantir o bem estar de seus jogadores durante a passagem pela capital cearense, onde nesta quinta-feira (27) enfrenta o Fortaleza, pela rodada de volta da Copa Sul-Americana.

Assim, todos os deslocamentos da equipe argentina, de terça-feira até quinta, terão escolta da Força Nacional, que está garantindo a segurança no estado. Isso é garantido por regulamento das competições da Conmebol e tem responsabilidade do time visitante. O Fortaleza por sua vez recebeu garatindas do Governo do Estado que o duelo terá operação mantida para todos os eventos envolvendo esse jogo da Sul-Americana.

Por conta de crise de segurança, adversário do Fortaleza terá escolta 24h
Por conta de crise de segurança, adversário do Fortaleza terá escolta 24h
O efetivo que irá acompanhar o time argentino e estará nas ruas e nas imediações da Arena Castelão será divulgado nesta terça-feira (15) após uma reunião entre as partes. Nela serão são repassadas informações sobre a operação do jogo, público estimado e horários a cumprir.

Em campo, o Fortaleza tentará reverter a vantagem do adversário, que venceu o jogo de ida pelo placar de 1 a 0. Agora em casa, o Tricolor do Pici precisa vencer por dois gols de diferença para avançar. Por um gol, a decisão irá para os pênaltis.