Sport demite ex-técnico da Ponte após vexame na Copa do Brasil

Guto Ferreira não aguentou a eliminação para o modesto Brusque

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 13 (AFI) - A eliminação ainda na primeira fase da Copa do Brasil para o Brusque foi o último jogo de Guto Ferreira no comando do Sport.

Definida pelo clube na noite desta quinta-feira, a saída do treinador já era esperada. Isso porque o presidente Milton Bivar criticou a atuação do time em Santa Catarina.

Sport não é mais o treinador do Sport (Foto: Site Oficial do Sport)
Sport não é mais o treinador do Sport (Foto: Site Oficial do Sport)
Faltava uma semana para que Guto Ferreira completasse um ano no comando do clube. O treinador chegou no dia 20 de fevereiro de 2019 e levou o Sport ao acesso no Brasileiro da Série B, renovando seu contrato até dezembro de 2020.

Ao todo, Guto Ferreira comandou o Leão em 54 partidas e o aproveitamento foi de 60,4%, com 25 vitórias, 23 empates e apenas seis derrotas. O que pesou, porém, foi o rendimento ruim do time nesta temporada.

Eliminado precocemente ainda na primeira fase da Copa do Brasil, o Sport é apenas o quinto colocado no Campeonato Pernambucano e o vice-líder do Grupo A da Copa do Nordeste.