Seleção FI da Série B é muito 'doida' com pilares do atual líder

Lisca colocou o América na ponta e apareceu na seleção da 32ª rodada

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 04 (AFI) - A 32ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro terminou com novo líder. O América assumiu a ponta com os mesmos 63 pontos da Chapecoense. Completando o G-4 estão: Juventude (52) e CSA (51). O Cuiabá caiu para quinto, com 51.

O destaque não poderia ser diferente. O América emplacou dois jogadores na seleção, além do próprio Lisca. Alê e Rodolfo foram os nomes escolhidos. A equipe ainda conta com nomes experientes como o zagueiro Gum.

Confira a Seleção FI da Série B da 32ª rodada:

Goleiro: Igor (Botafogo-SP)
O Botafogo está na vice-lanterna, mas ainda assim tem a oitava melhor defesa da Série B. Nesta segunda-feira, Igor mostrou ser um dos responsáveis por esse ponto fora da curva. O goleiro fez importantes defesas no empate contra o Paraná e evitou a vitória dos mandantes. Igor foi um dos destaques do clube paulista.

Lateral-direito: Lucas Ramon (Cuiabá)
Fez uma grande partida diante do Cruzeiro no empate sem gols, em Belo Horizonte. Tomou conta do lado direito, anulou a Raposa pelo setor e ainda se aventurou ao ataque, criando boas oportunidades. O empate foi muito por causa da boa atuação do defensor.

Gum está na seleção da Série B
Gum está na seleção da Série B

Zagueiro: Gum (CRB)

O veterano fez uma partida de alto nível na vitória do CRB por 1 a 0 para cima do Avaí, na última terça-feira. Experiente, Gum deu pouco espaço para os atacantes rivais e ainda contribuiu no setor ofensivo, algo que o acompanhou por toda a carreira. Foi dele a assistência para o gol marcado pelo atacante Lucão do Break.

Zagueiro: Héverton (Brasil-RS)

O Brasil jogou de igual para igual com a Chapecoense e segurou empate por 0 a 0, na Arena Condá, em Chapecó. Um dos melhores em campo pelo time gaúcho foi o zagueiro Héverton, com ótimos desarmes e que no segundo tempo salvou seu time de sofrer um gol, em lance que precisou tirar a bola de cabeça quase que em cima da linha.

Lateral-esquerdo: Reniê (Operário)

O Operário arrancou empate com o Vitória por 1 a 1, no Barradão, em Salvador, e segue próximo de garantir a permanência na Série B de 2021. O time paranaense saiu atrás no placar, mas se recuperou rápido e poderia ter vencido com ótima contribuição do lateral Reniê, muito regular durante toda a campanha do campeonato.

Volante: Yago (CSA)

Yago teve um sábado iluminado na vitória por 2 a 1 diante do Sampaio Corrêa. Além de fazer o gol de empate minutos antes de ter saído atrás do placar, o volante deu assistência para o gol de Rone. Acabou decidindo um jogo que colocou o Azulão dentro da zona de acesso à elite do futebol nacional.

Alê vem sendo um dos destaques do América
Alê vem sendo um dos destaques do América

Volante: Alê (América-MG)

Assim como todo o time do América-MG, Alê tem sido regular durante a temporada e na vitória sobre o Guarani, por 1 a 0, em Campinas, não foi diferente. O volante "dominou" o meio-campo e certeiro nos desarmes. É um jogador muito técnico e peça-chave do técnico Lisca.

Meia: Reis (Confiança)

Reis é o 10 do Confiança, e, por isso, será recuado na seleção do Futebol Interior, mas dá assistência ao trio de ataque. O jogador acabou com a partida na vitória por 2 a 0 do Confiança para cima do Náutico. Fez um gol e deu uma assistência após linda jogada.

Atacante: Rogério (Juventude)

Rogério teve participação significativa na vitória do Juventude por 2 a 1 diante da Ponte Preta. Além de atormentar a defesa rival com sua agilidade, mostrou muita plástica ao marcar um bonito gol de bicicleta. Resultado que firmou o Ju dentro do G-4 e afastou a Macaca da briga pelo acesso.

Pedrinho é um dos destaque do Oeste
Pedrinho é um dos destaque do Oeste

Atacante: Pedrinho (Oeste)

O Oeste foi impecável no primeiro tempo do duelo contra o Figueirense e abriu vantagem de 2 a 0 antes mesmo do intervalo. Um dos melhores em campo foi o atacante Pedrinho, rápido e autor do primeiro gol, numa finalização certeira de fora da área que acertou o ângulo do goleiro Rodolfo Castro. No final, o Rubrão se segurou e venceu por 2 a 1.

Atacante: Rodolfo (América-MG)

Em ótima fase, Rodolfo infernizou a vida do sistema defensivo do Guarani na vitória do América-MG, por 1 a 0, em Campinas. O atacante foi importante taticamente e ainda mostrou oportunismo para balançar as redes no último sábado. Vitória merecida do Coelho, cada vez mais perto do acesso à Série A.

Técnico: Lisca (América-MG)

É doido mesmo! O apelido está em falta no futebol e faz muita diferença, o que diria Pelé? Lisca é doido e tem feito uma campanha surreal no América Mineiro. Semifinalista da Copa do Brasil - eliminado pelo Palmeiras -, o treinador não perdeu tempo e já colocou o time na liderança da Série B, ultrapassando a Chapecoense com uma vitória por 1 a 0 diante do Guarani. Lisca e Coelho é uma combinação perfeita.

LISCA FESTEJA QUASE ACESSO DO COELHO

Lisca é o técnico da seleção. Foto: João Zebral / América-MG
Lisca é o técnico da seleção. Foto: João Zebral / América-MG