SELEÇÃO FI SÉRIE B: Numa disputa maluca, técnico lanterna comanda os melhores

Numa disputa acirrada, a 30.ª rodada teve muitos jogadores importantes na briga de leões por pontos

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 19 (AFI) -O bicho está pegando na reta final do Campeonato Brasileiro da Série B. Quem está em cima não quer perder pontos e quem está na parte debaixo da tabela, precisa pontuar. Por isso, cada jogo é uma decisão. Não foi diferente nesta acirrada 30.ª rodada.

O curioso é que o técnico escolhido para a SELEÇÃO DA RODADA do FUTEBOL INTERIOR foi Roberto Cavalo, lanterna com o Oeste, mas que venceu por 2 a 1 o Vitória e tem mostrado uma incrível evolução. Pena que talvez não seja suficiente pra evitar o rebaixamento para a Série C.

CONFIRA ABAIXO A SELEÇÃO FI DA SÉRIE B:

Goleiro: Marcelo Carné (Juventude)
Nesta reta final de competição, o técnico Pintado tem usado de sua experiência para jogar com o regulamento na mão. Por isso, vencer por 1 a 0, como aconteceu diante do CSA, mesmo atuando em casa em Caxias do Sul. Marcou um gol e depois tratou de se defender. Foi quando o goleiro do time voltou a mostrar sua grande fase, fazendo pelo menos três defesas importantes que garantiram a vitória.

Festa nos vestiários de Brasil de Pelotas
Festa nos vestiários de Brasil de Pelotas

Lateral-direito: Felipe Albuquerque (Brasil-RS)
É pelo seu lado que o time desafoga. No primeiro tempo deu um passe de bandeja pra Luiz Henrique marcar, mas o atacante errou. Depois o lateral mostrou eficiência e festejou muito a vitória nos vestiários do time gaúcho.

Zagueiro: Gum (CRB)
O CRB voltou a vencer no Campeonato Brasileiro da Série B e contou com boa exibição do experiente zagueiro Gum.

O jogador foi firme durante os 90 minutos e não deu moleza aos adversários do Botafogo. No segundo tempo, Gum ainda quase marcou seu gol após cobrança de escanteio e que a defesa acabou tirando a bola em cima da linha.

Zagueiro: Matheus Neris (Figueirense)
Diante de tantos problemas, o técnico Jorginho vem escalando o volante Matheus Neris na defesa nas últimas rodadas, mas ele vem dando conta do recado. E contra o Guarani acabou indo além de ajudar lá atrás. Quando o Bugre estava perto do terceiro gol, Neris acertou um lindo voleio para deixar tudo igual no Brinco de Ouro.

Lateral-esquerdo: Guilherme Lazaroni (Ponte Preta)
O próprio Fabinho Moreno reconheceu que a Ponte Preta não fez uma boa partida apesar da vitória sobre o Confiança, por 2 a 1, em Aracaju. E realmente ninguém se destacou. Mas o resultado positivo só foi possível graças a Guilherme Lazaroni, que tirou duas vezes a bola em cima da linha no mesmo lance.

Volante: Auremir (Cuiabá)
O melhor em campo na vitória sobre o Operário, por 2 a 0, na Arena Pantanal. Totalmente recuperado da Covid-19, Auremir tomou conta da partida. Além de ajudar na marcação, o volante mostrou categoria nos passes e iniciou a jogada que terminou com o gol de Jenison, o segundo do Dourado.

Cuiabá foi eficiente diante do Operário
Cuiabá foi eficiente diante do Operário

Meia: Alan Ruschel (Chapecoense)
Ele é lateral, mas em várias oportunidades acaba sendo deslocado para o meio-campo. E, como Guilherme Lazaroni precisou entrar na esquerda, é aqui que ele vai atuar na Seleção FI. Contra o América-MG, Alan Ruschel fez uma partida segura e ainda deu a assistência para Aylon abrir o placar.

Meia: Felipe Azevedo (América-MG)
A disputa pelo ataque da Seleção FI estava pesada, mas não tinha como Felipe Azevedo ficar de fora depois da sua atuação no empate do América-MG diante da Chapecoense. E, como tem qualidade para atuar mais recuado, ele vai jogar no meio-campo.

É verdade que no gol marcado contou com desvio da zaga, mas poderia ter balançado as redes em outras oportunidades se não fosse João Ricardo. Foram mais de cinco finalizações.

Atacante: Renanzinho (Guarani)
Teve uma atuação de gala no último domingo apesar do Bugre ter ficado no empate com o Figueirense, por 2 a 2, no Brinco de Ouro da Princesa. Apesar de ser baixinho, Renanzinho abriu o placar com uma bonita cabeçada no ângulo de Rodolfo Castro.

Renanzinho marcou os dois gols do Guarani
Renanzinho marcou os dois gols do Guarani

O segundo gol também foi de quem conhece ao tocar por cobertura do goleiro após falha da zaga. Ainda infernizou os adversários com outras jogadas.

Atacante: Fábio (Oeste)
Fábio chegou a seu quarto gol na Série B. Um gol importante que dá esperança ao Oeste. Mesmo na situação do lanterna, o atacante teve calma e precisão para deixar sua marca de pênalti. Ele ainda se movimentou bastante e deu assistências a seus companheiros. Foi o grande destaque da partida.

Atacante: Roberto (Juventude)
Roberto foi uma das novidades do técnico Pintado na escalação inicial do Juventude diante do CSA e fez valer a escolha do comandante. Foram várias finalizações antes de marcar o gol que

Cavalo: dignidade com o Oeste
Cavalo: dignidade com o Oeste

deu a vitória no confronto direto por uma vaga no G4. Aos 35 anos, o atacante aproveitou falha da defesa adversária e bateu na saída de Thiago Rodrigues.

Técnico: Roberto Cavalo (Oeste)
Roberto Cavalo tem feito muito com pouco em mãos. O experiente treinador sabe que a missão não é nada fácil, mas ainda assim mantém as esperanças.

Contra o Vitória, o Oeste dominou durante os 90 minutos. Buscou o resultado e conquistou sua quarta vitória.