Treinador líder da Série B arma Seleção FI no tradicional 4-4-2

Pintado é um dos responsáveis pelo bom início de campeonato do Juventude

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 12 (AFI) - A 2ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B foi finalizada nesta quarta-feira, mas ficou com um jogo pendente. Isso porque houve um surto do novo coronavírus no elenco do CSA e o duelo contra a Chapecoense acabou sendo adiado.

Recém-promovido da Série C, o Juventude é o líder isolado, sendo o único time que tem seis pontos. O Cruzeiro também ganhou os dois jogos, mas começou com -6 e agora está zerado. Já o Guarani ainda não pontuou e a Ponte Preta ficou em um frustrante empate com o Brasil de Pelotas.

Treinador do líder, Pintado é quem vai comandar os melhores da 2ª rodada na Seleção FI da Série B e ele aposta no tradicional 4-4-2, com dois volantes e dois meias de ligação. Destaque também para o experiente atacante Marcelo Moreno, que finalmente desencantou em seu retorno ao Cruzeiro.

Marcelo Moreno desencantou com a camisa do Cruzeiro contra o Guarani
Marcelo Moreno desencantou com a camisa do Cruzeiro contra o Guarani
CONFIRA A SELEÇÃO FI DA 2ª RODADA

Goleiro: Ronaldo (Vitória)

Apesar do jogo no Orlando Scarpelli ter sido bastante equilibrado, o Figueirense foi quem criou as melhores oportunidades e só não fez o dever de casa porque encontrou pela frente um Ronaldo bastante inspirado. Foram pelo menos três defesas difíceis.

Lateral-direito: Apodi (Ponte Preta)
Ainda não é aquele Apodi que a torcida pontepretana esperava ver, que brilhou no CSA em 2019, mas aos poucos está melhorando. Contra o Brasil de Pelotas, foi um dos jogadores mais acionados. Tanto é que foi ele quem deu o cruzamento que originou o pênalti, convertido por Bruno Rodrigues.

Zagueiro: Augusto (Juventude)
O Juventude venceu o Sampaio Corrêa por 1 a 0, mas o gol que rendeu o triunfo para o Verdão foi de Augusto. Ele se atirou em um arremate de Eloir, com o gol totalmente aberto, para salvar a equipe visitante. Foi o ponto forte, certamente, de todo o duelo.

Apodi vem mostrando evolução com a camisa da Ponte Preta
Apodi vem mostrando evolução com a camisa da Ponte Preta
Zagueiro: Ricardo Silva (Operário)

O jogo contra o Náutico só terminou sem gols porque a defesa do Operário teve grande exibição, em especial o zagueiro Ricardo Silva, que levou a melhor sobre os atacantes adversários e ainda cortou todas as bolas pelo alto, garantindo um ponto fora de casa.

Lateral-esquerdo: Romário (Cuiabá)
Romário fez uma bela partida na vitória por 1 a 0 diante do Cuiabá. Foi dele a jogada que culminou com gol de Felipe Gava, o único do duelo. Foi bem tanto defensivamente quanto ofensivamente.

Volante: Victor Bolt (Botafogo-SP)
O volante vem se tornando peça fundamental no esquema tático de Claudinei Oliveira e mostrou mais uma vez que tem qualidade tanto na marcação quanto para sair jogando e auxiliar a equipe na armação das jogadas. A maioria das jogadas de perigo do Botafogo tem início nos pés de Bolt e foi assim novamente na vitória por 2 a 0 sobre o Confiança.

Volante: Sousa (Brasil de Pelotas)
Fez falta na estreia. Apesar de em alguns momentos ter abusado de entradas duras, Sousa foi o jogador mais lúcido do Brasil de Pelotas no empate com a Ponte Preta. Mostrou que o time vai sentir quando ele não estiver em campo.

Meia: Felipe Menezes (CRB)
Entrou no intervalo para mudar a qualidade do jogo no Rei Pelé. Logo aos dez minutos do segundo tempo, assustou em chute de fora da área. Organizou o mei-campo do CRB, que cresceu de produção até chegar ao gol da vitória.

Meia: Rafael Gava (Cuiabá)
Foi o autor do gol que deu a primeira vitória ao Cuiabá na Série B do Brasileiro fazendo aquilo que todo treinador pede para os meias: pisar na área. Aproveitou o bate e rebate para estufar as redes. Cada vez mais se firma como titular de Marcelo Chamusca.

Atacante: Ronald (Botafogo-SP)
O principal nome da vitória do Botafogo sobre o Confiança foi o atacante Ronald. Ele fez os dois gols do jogo, primeiro chutando cruzado da entrada da área e depois em linda jogada com direito a toque de classe por cobertura.

Pintado é o treinador do líder Juventude
Pintado é o treinador do líder Juventude
Atacante: Marcelo Moreno (Cruzeiro)

Chegou para ser o cara do Cruzeiro na busca do tão sonhado acesso à elite do futebol nacional. Teve participação marcante na vitória por 3 a 2 para cima do Guarani. Ele converteu uma penalidade máxima e ainda deu uma bela assitência para Régis empatar o duelo, que, na ocasião, estava apontando 1 a 0 para o Bugre.

Técnico: Pintado (Juventude)

O Juventude é, ao lado do Cruzeiro, o único time que conseguiu duas vitórias nas duas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro da Série B. E Pintado tem grande participação nisso, mostrando que o time gaúcho pode brigar pelo acesso à elite. Depois de passar pelo CRB na estreia, o Ju bateu o Sampaio Corrêa fora de casa.