Seleção FI do Brasileirão com lateral da seleção e jogadores 'construtores'

O téncico escolhido para comandar a equipe foi Ney Franco, da Chapecoense

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 27 (AFI) - A sexta rodada do Campeonato Brasileiro terminou com o Palmeiras na liderança isolada, com 16 pontos, seguido por Atlético Mineiro, 12, Corinthians, 11, e São Paulo, 11. O Timão é a grande novidade do G4. O Alvinegro entrou após bater o Tricolor, por 1 a 0.

A Seleção FI é formada pelos destaques da rodada. A equipe conta com nomes consagrados como Fagner, do Corinthians e Gustavo Gómez, do Palmeiras. Os demais são todos jogadores considerados 'construtores'.

O técnico escolhido foi Ney Franco. O treinador fez a Chapecoense envolver o Cruzeiro e vencer em plena Arena Independência, e, por isso, merece destaque.

Confira a Seleção FI da sexta rodada:

Marcelo Lomba (Internacional);
Fagner (Corinthians), Rodrigo Caio (Flamengo), Gustavo Gómez (Palmeiras) e Carlinhos (CSA)
Júnior Urso (Corinthians), Thiago Galhardo (Ceará) e Edinho (Fortaleza);
Gilberto (Bahia), Rildo (Chapecoense) e Felipe Vizeu (Grêmio);
Técnico: Ney Franco (Chapecoense)

Marcelo Lomba fez grande jogo contra Santos - Ricardo Duarte
Marcelo Lomba fez grande jogo contra Santos
Goleiro: Marcelo Lomba (Internacional)

Mais uma partida segura do goleiro do Internacional. Se a vitória fora de casa não veio na Vila Belmiro, o torcedor ao menos pôde comemorar a boa atuação de Marcelo Lomba, que pouco trabalhou, mas quando foi acionado fez a diferença e segurou o empate contra o Santos.

Lateral: Fagner (Corinthians)

O espírito do Corinthians parece que muda quando o jogo é clássico. Contra o São Paulo, na Arena Corinthians, Fagner fez uma exibição de gala. Deu o passe para Pedrinho marcar o gol da vitória e ainda foi impecável na marcação, controlando o lado direito com desarmes precisos.

Zagueiro: Rodrigo Caio (Flamengo)

Virou o grande herói da vitória em cima do Athletico-PR, com o gol aos 50 minutos do segundo tempo. O zagueiro apareceu pelo alto em cobrança de falta e acertou uma cabeçada tão firme na bola que parecia um chute, no cantinho do goleiro, sem a menor chance.

Gomez vem fazendo grande trabalho no Palmeiras
Gomez vem fazendo grande trabalho no Palmeiras
Zagueiro: Gustavo Gómez (Palmeiras)

Provavelmente a melhor contratação recente do Palmeiras e tem tudo para ficar marcado na memória do torcedor. Além de ser impecável na marcação, Gómez ainda tem estrela no ataque. Cobrou o pênalti decisivo no Nilton Santos e deu a vitória importante contra o Botafogo.

Lateral: Carlinhos (CSA)

Carlinhos fez uma grande partida na vitória do CSA por 1 a 0 para cima do Goiás, nesta segunda-feira. O jogador criou as principais chances de gol do time alagoano e teve grande participação até mesmo na defesa ao salvar um gol com o peito. Merece destaque.

Volante: Júnior Urso (Corinthians)

Desde que foi contratado foi fundamental para mudar o patamar do Corinthians, dando muito mais mobilidade no meio de campo. Foi ele que iniciou a jogada do gol de Pedrinho, deixando a bola com Fagner na direita. Além disso, aparece muito bem no ataque e pisa muito na área.

Meia: Thiago Galhardo (Ceará)

Sem dúvidas, o grande nome da vitória do Ceará nesta sexta rodada foi Thiago Galhardo. Após um primeiro tempo muito abaixo de toda a equipe, o meio-campista mudou o rumo do jogo ao marcar dois gols e ajudar o Vozão a sair com três pontos.

Meia: Edinho (Fortaleza)

É um dos pilares ofensivos de Rogério Ceni. Edinho foi recuado para atuar como meia ofensivo e tem se dado muito bem com a função, dando agilidade e mobilidade para o ataque do Fortaleza. Contra o Vasco foi um dos jogadores mais efetivos e saiu de campo exausto.

Gilberto fez dois na vitória do Bahia - Felipe Oliveira/EC Bahia
Gilberto fez dois na vitória do Bahia
Atacante: Gilberto (Bahia)

Centroavante vive de gols e Gilberto mostrou que tem o faro de um camisa 9. Contra o Fluminense ele correu para pressionar o goleiro Agenor e foi recompensado com um gol ‘bobo’ ainda no primeiro tempo. Depois, na etapa final, cobrou o pênalti da vitória por 3 a 2.

Atacante: Rildo (Chapecoense)

A Chapecoense apostou no contra-ataque para surpreender o Cruzeiro na Arena Independência. E conseguiu. Ao lado de Everaldo, Rildo infernizou os zagueiros celestes e ainda mostrou oportunismo ao aproveitar rebote de Fábio, abrindo o placar para o Verdão do Oeste. Caiu de rendimento depois que cansou, mas foi essencial para a vitória.

Atacante: Felipe Vizeu (Grêmio)

Saiu do banco de reservas para mudar a história do jogo em Porto Alegre. Enquanto ele estava sentado viu o companheiro André errar um pênalti no primeiro tempo. Entrou no intervalo e com dois minutos da etapa final marcou o gol da vitória por 1 a 0 contra o Atlético-MG.

Técnico: Ney Franco (Chapecoense)

Ney Franco foi escolhido como técnico da Seleção FI devido o triunfo da Chapecoense para cima do Cruzeiro, por 2 a 1, em plena Arena Independência. O treinador tem dado sua cara para o time catarinense, que vem crescendo no Campeonato Brasileiro e até mesmo surpreendendo.

Ney Franco vem fazendo bom trabalho na Chape - Márcio Cunha/ACF
Ney Franco vem fazendo bom trabalho na Chape