Seleção FI da Série B tem muitos artilheiros e é liderado por Dagoberto

O técnico escolhido para comandar a equipe é Rogério Zimmermann, do Brasil de Pelotas

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 06 (AFI) - A 35ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B acabou nesta terça-feira com o Fortaleza na liderança isolada e muito perto do título. CSA, Goiás e Avaí fecham o G4, mas Londrina e Ponte Preta ainda seguem sonhando com um possível acesso. Na zona da degola, o Boa Esporte acabou rebaixado.

A Seleção FI da rodada veio com os principais destaques da rodada com maior número de gols da temporada 2019: 35 no total, com uma média de 3,5 por partida. O principal destaque é Dagoberto, jogador multicampeão, que hoje defende as cores do Londrina.

O técnico escolhido foi Rogério Zimmermann, que vem fazendo um grande trabalho no Brasil de Pelotas. O time gaúcho goleou o Vila Nova por sonoros 5 a 0.

Confira a Seleção FI da 35ª rodada:

Vitor Caetano jogou muito contra Guarani -  Luiz Henrique/FFC
Vitor Caetano jogou muito contra Guarani
Goleiro: Vitor Caetano (Figueirense)
Vitor Caetano foi o nome do jogo no empate sem gols do Figueirense diante do Guarani. O goleiro fez ao menos quatro grandes defesas, grande parte no primeiro tempo, para assegurar a igualdade no Orlando Scarpelli. Resultado que acabou sendo ruim para o Bugre, que ficou longe de conquistar o acesso.

Lateral-direito: Matheus Silva (Paysandu)
Não teve facilidade para segurar o ataque rubronegro, mas fez a diferença lá na frente sendo um dos jogadores mais ousados do Papão. Fez uma linda jogada individual antes de cruzar na cabeça de Pedro Carmona, que marcou o segundo gol do Paysandu. Mostrou muita raça e vontade para correr até o apito final.

Zagueiro: Renan Fonseca (Ponte Preta)
Assim como todo o time, Renan Fonseca vem crescendo de produção na reta final do campeonato. Balançou as redes do adversário pelo segundo jogo seguido. Contra o Boa Esporte, a Macaca precisava da vitória para manter vivo o sonho do acesso e ela veio em uma cabeçada certeira do zagueiro aos 29 minutos do segundo tempo.

Zagueiro: Diego Jussani (Fortaleza)
Participou diretamente no lance do gol marcado por Dodô, com um longo lançamento. Além disso, atuou com confiança e quase ajudou seu time a antecipar o inédito título da Série B. Mas o empate com o CSA, por 1 a 1, acabou sendo justo na lotado Arena Castelão.

Marcelo Cordeiro fez uma grande partida com a camisa do São Bento - Jesus Vicente
Marcelo Cordeiro fez uma grande partida com a camisa do São Bento
Lateral-esquerdo: Marcelo Cordeiro (São Bento)
Com a liderança de sempre dentro de campo, soube organizar bem o time defensivamente, apesar do trabalho gerado pelo ataque do Coxa no primeiro tempo. Apoiou com consciência quando necessário e contribuiu para a goleada por 5 a 2 marcando um gol de pênalti.

Volante: Liel (Criciúma)
Não é sempre que um volante marca dois gols na mesma partida, por isso, Liel tem espaço na Seleção da Rodada mesmo com a derrota do Criciúma por 4 a 3 para o Londrina. Liel foi um dos poucos destaques do Criciúma no jogo e mostrou faro de gol para balançar as redes duas vezes de cabeça.

Meia: Diogo Oliveira (São Bento)
Foi muito importante para a vitória por 5 a 2 sobre o Coritiba, resultado que livrou o time sorocabano do rebaixamento na Série B. Além de ter marcado o primeiro gol são-bentista, com apenas 49 segundos de bola rolando, ainda participou do terceiro gol, marcado por Joãozinho quando o jogo estava empatado por 2 a 2.

Meia: Pedro Carmona (Paysandu)
Saiu do banco de reservas para dar a vitória ao Paysandu em um jogo para lá de emocionante. Marcou o segundo gol bicolor ao aproveitar cruzamento de Maicon Silva e ainda deu mais duas assistências, sendo a última delas para a cabeçada precisa de Diego Ivo aos 47 minutos do segundo tempo.

Dagoberto lidera a seleção FI da Série B - Gustavo Oliveira
Dagoberto lidera a seleção FI da Série B
Atacante: Dagoberto (Londrina)
O experiente atacante foi decisivo para o Londrina mais uma vez e marcou duas vezes na vitória por 4 a 2 sobre o Criciúma. Sempre perigoso perto da área, ele teve muita habilidade para balançar as redes duas vezes e chegar a 16 gols ao longo da Série B.

Atacante: Welinton Júnior (Brasil de Pelotas)
Há males que vêm para o bem. Quando Rafael Gava sentiu contusão ainda no primeiro tempo, Rogério Zimmermann surpreendeu ao colocar Welinton Júnior. Mas o atacante estava em uma noite inspirada. Infernizou os zagueiros adversários com sua velocidade, marcou dois bonitos gols e deu assistência para Michel. Deixou o gramado aplaudido de pé.

Atacante: Felipe Marques (Londrina)
A grande estrela no ataque do Londrina é Dagoberto, mas Felipe Marques também vem fazendo uma boa Série B. Nessa rodada, ele marcou duas vezes na vitória por 4 a 2 sobre o Criciúma e foi decisivo para que o Tubarão siga com chances de brigar pelo acesso na reta final da competição.

Técnico: Rogério Zimmermann (Brasil de Pelotas)
Rogério Zimmermann voltou para o Brasil para salvar o clube de um até então provável rebaixamento à Série C do Campeonato Brasileiro. O treinador teve papel essencial na melhor atuação do time na competição, na goleada por 5 a 0 para cima do Vila Nova, resultado que carimbou a permanência da equipe na Série B.

Além de Zimermann, se destacaram Marcelo Cabo, do CSA, e Roberto Fonseca, do Londrina. O primeiro conseguiu fazer seu time arrancar um empate diante do líder Fortaleza, enquanto que o segundo revigorou um Tubarão, que hoje luta pelo acesso.

Rogério Zimmermann é o técnico da rodada - Jonathan Silva/GEB
Rogério Zimmermann é o técnico da rodada

 
 
" />