Versátil, Liziero é elogiado e diz estar correndo atrás do tempo perdido

O volante se destacou na vitória por 1 a 0 sobre o Athletico-PR nesta quarta-feira

por Agência Estado

São Paulo, SP, 22 (AFI) - Após sofrer uma grave lesão no tornozelo direito em maio e voltar a atuar pelo São Paulo no último domingo, Liziero deu assistência na vitória por 1 a 0 sobre o Athletico-PR nesta quarta-feira. O volante iniciou o jogo pelo meio, mas foi deslocado pelo técnico Cuca para o lado esquerdo, onde apareceu para tocar para Vítor Bueno marcar. Ele e Tchê Tchê foram elogiados pelo treinador.

"O Tchê Tchê e o Liziero marcam e jogam. Mais jogam do que marcam, mas sabem marcar. O Tchê Tchê está debilitado, um probleminha que ele tem de gastrite. Tem jogado parece que até melhor. O Liziero tinha três meses que não jogava. É um jogador versátil, conseguimos mudar algumas coisas taticamente durante o jogo porque eles se adaptam. Eu gosto de utilizar a versatilidade do jogador", afirmou Cuca.

Liziero comentou sua versatilidade e disse que "ainda está correndo atrás" por causa do tempo que ficou parado. Ele sofreu a lesão no dia 19 de maio, durante a partida contra o Bahia.

"Vim de uma lesão, fiquei quase três meses parado e tenho que pensar no meu dia a dia. O campeonato está na frente e estou correndo atrás do tempo que perdi. Hoje em dia todo jogador tem que saber marcar e jogar", disse Liziero, que comemorou a vitória na Arena da Baixada. "A gente sabe como é difícil jogar aqui, eles tiveram um bom volume de jogo, mas conseguimos aproveitar no contra-ataque", declarou.

O São Paulo treina em Curitiba na manhã desta quinta-feira antes de retornar à capital paulista. O próximo compromisso da equipe será no domingo, contra o Vasco, no Rio de Janeiro.