Paulista A3: Rio Preto tem 60% de aproveitamento no Riopretão

Antes da paralisação por conta do coronavírus, Glorioso estava na briga por um lugar no G8

por Agência Futebol Interior

São José do Rio Preto, SP, 26 (AFI) - Completa, nesta quinta-feira, treze dias que o Rio Preto entrou em campo pela última vez pelo Campeonato Paulista da Série A3. Devido a pandemia do coronavírus, o torneio foi paralisado até a segunda ordem pela Federação Paulista de Futebol.

Ainda não se sabe se o campeonato, que foi suspenso na 11ª, retornará. Na oportunidade, o Jacaré foi derrotado fora de casa 2 a 0, para o Grêmio Osasco. Mesmo com o revés, o Glorioso da Vila Universitária está a um ponto do G8, oitava posição que pertence ao Desportivo Brasil, com 14 pontos ganhos.
Rio Preto tem 60% de aproveitamento no estádio Anísio Haddad (Foto: Muller Merlotto Silva)
Rio Preto tem 60% de aproveitamento no estádio Anísio Haddad (Foto: Muller Merlotto Silva)

APROVEITAMENTO EM CASA

Nos cinco jogos disputados no estádio Anísio Haddad, o time rio-pretense tem um aproveitamento de 60%. Dos quinze pontos disputados, conquistou nove.

Foram três vitórias e duas derrotas. Triunfos por 1 a 0, diante do Comercial, 3 a 2, frente ao Barretos e 1 a 0, sobre o Desportivo Brasil. No entanto, foi derrotado por 2 a 0, para o Noroeste e 3 a 2, no duelo desta vez para o Olímpia.

Fora de seus domínios, o Jacaré não teve a mesma sorte e, dos dezoito pontos em jogo, somou apenas quatro: venceu por 3 a 0 o Primavera e empatou em 1 a 1 diante do Marília. Perdeu quatro vezes: 2 a 1, para o Paulista, 2 a 0, frente ao Velo Clube, mesmo placar para o GE Osasco e outro revés por 1 a 0 para o EC São Bernardo.

No geral, o quadro esmeraldino nos 33 pontos disputados tem um aproveitamento de 39.4%.