Paulista Feminino: Rio Preto mandará seus jogos no Maião, em Mirassol

Isso ocorrerá devido a nova drenagem que vai acontecer no estádio Anísio Haddad

por Oscar Silva -

São José do Rio Preto, SP, 13 (AFI) - Devido a nova drenagem que vai acontecer no estádio Anísio Haddad, o presidente do Rio Preto Esporte Clube, José Eduardo Rodrigues, solicitou junto a direção do Mirassol, a possibilidade do time rio-pretense atuar na sequência do Campeonato Paulista Feminino, no estádio José Maria de Campos Maia, o Maião, em Mirassol. Segundo, o dirigente rio-pretense a troca do gramado irá durar dois meses e, estava prevista após o término do Brasileiro Feminino. Com a eliminado no último domingo, para o Corinthians, o serviço será feito depois do famigerado show festeja, em outubro do ano passado.

Atualmente, o Riopretão, tem dois tipos de grama, a bermuda e a batatais, que é a original e infinitivamente superior. "Vamos plantar os dois mil metros restantes com a grama batatais. É mais um legado negativo, na qual o custo irá custar cerca de R$ 50 mil", comentou o dirigente rio-pretense. O Jacaré que vai em busca do seu segundo título, onde foi campeão em 2016, está no Grupo 3, juntamente com o Santos, São José e Audax. No Grupo 4, fazem parte as equipes do Corinthians, Ponte Preta, Ferroviária e Portuguesa de Desportos.
Rodrigues, Ferraz e Ermenegildo (Foto: Muller Merlloto Silva)
Rodrigues, Ferraz e Ermenegildo (Foto: Muller Merlloto Silva)

Os times jogam em turno e returno classifcando-se as duas primeiras colocadas de cada chave. As meninas rio-pretenses estréia no próximo dia 5 de agosto, ás 15 horas, em Osasco, no estádio José Liberatti, contra o Audax. Uma semana depois, ás 15 horas, joga em Mirassol, no Maião, diante do São José. Na primeira fase do torneio, o Jacaré foi considerado a melhor equipe entre as dezesseis agremiações totalizando 39 pontos ganhos. Ficou na frente do Corinthians e Santos, que somaram 38 pontos cada um. É o segundo melhor ataque da competição com 56 gols assinalados.

AGRADECIMENTOS
O dirigente rio-pretense veio a público agradecer a diretoria do Mirassol, na pessoa do presidente Edson Antonio Ermenegildo, ao ceder o estádio José Maria de Campos Maia, o Maião. "É com muito respeito que tenho pelo clube Mirassol e, principalmente pelas as pessoas que administram a agremiação com muito profissionalismo, seriedade e sucesso. Aproveitando a oportunidade, na minha gestão as portas está abertas como sempre esteve para a pessoa do empresário Edivaldo Ferraz, da empresa E&L Marketing Esportivo.

O Ferraz, é considerado não só pela cúpula do Rio Preto, como também pelos clubes de todo Interior por aquilo que faz com seu projeto Futebol Sustentável, que é sucesso absoluto que conta com apoio do presidente da Federação Paulista, Reinaldo Carneiro Bastos. Foi através do nosso amigo Ferraz, que trouxemos no ano passado o São Paulo e Palmeiras, no Riopretão. Tenho certeza com o decorrer do tempo vai acontecer mais eventos na nossa praça de esportes. Estamos trabalhando para isso como por exemplo com o novo piso no gramado", disse Rodrigues, presidente do Rio Preto.