Após áudio vazado e apenas quatro partidas, técnico do Remo é demitido

Eudes Pedro chegou para comandar a montagem do elenco para a próxima temporada, mas não resistiu ao desgaste com o elenco

por Agência Futebol Interior

Belém, PA, 15 (AFI) – O que já parecia certo se concretizou e agora é oficial: Eudes Pedro não é mais o técnico do Remo. Ele teve um áudio vazado na última semana em que dizia que só permaneceria se dois jogadores saíssem.

Os atletas em questão são dois dos principais nomes do elenco, o meia Eduardo Ramos e o atacante Neto Baiano.

“Fala, gurizada. Deixa eu falar uma coisa pra vocês: acabou o jogo (eliminação par ao Paysandu) mandei uma mensagem pro presidente dizendo que só ficava com a saída do Eduardo Ramos e do Neto.

Sei que não tenho força pra ganhar isso aí, mas, se puder ajudar com a saída deles e eu saindo também, não tem problema nenhum, pelo menos vai ficar livre o trabalho pra vocês”, diz Eudes no áudio vazado.

Áudio complicou vida do técnico do Remo
Áudio complicou vida do técnico do Remo

SAÍDA CONFIRMADA

Nesta terça-feira, ele se reuniu com dirigentes do clube e acertou a sua saída. Em curta passagem pelo Remo, ele disputou quatro partidas, com uma vitória, um empate e duas derrotas.

A ideia era que ele encabeçasse um projeto de montagem de elenco já visando a próxima temporada, mas sua situação ficou insustentável pelo relacionamento ruim com o elenco após pouco tempo no comando.

A tendência é que o Remo anuncie um novo treinador, mas sem muita pressa. Já que não disputa mais competições em 2019. Assim como se imaginava com Eudes Pedro, o próximo treinador deve trabalhar na montagem do elenco para a próxima temporada.