Grêmio encara o exterminador de brasileiros na Recopa; veja os prognósticos!

O torneio coloca frente a frente o campeão da última Libertadores com o atual vencedor da Copa Sul-Americana

por Agência Futebol Interior

Campinas, Sp 13 - Nesta semana já tem título em jogo na América do Sul e com direito a um confronto entre os dois países mais fortes do continente. Direto de Avellaneda, Independiente e Grêmio medem forças pelo título da Recopa. O torneio coloca frente a frente o campeão da última Libertadores com o atual vencedor da Copa Sul-Americana e garante mais de 80% nas casas de apostas de futebol nesta primeira partida.

Grêmio coloca em jogo o seu planejamento
A mudança do calendário da CONMEBOL mudou a realidade do futebol brasileiro. Agora, como o título da Libertadores só sai em novembro, o campeão inicia a temporada seguinte com muito mais calma. É o caso do Grêmio, que graças a esta tranquilidade decidiu usar os reservas nas primeiras rodadas do Gaúcho e se preparar para os jogos da Recopa.

Acontece que os suplentes não deram conta e conquistaram apenas um ponto em quatro partidas. Sem ritmo, os titulares assumiram o posto na 5ª rodada e também foram derrotados. A primeira vitória no ano acabou vindo apenas na última quarta-feira, sobre o Brasil de Pelotas, por 2 a 1.

Esta estratégia deixou o Tricolor na zona de rebaixamento do estadual. Por enquanto, tudo segue sem pressão, mas uma derrota para o Independiente nesta semana pode mudar todo o cenário.

Tricolor ainda em montagem
Algo que pesa negativamente ao Grêmio neste momento é que a disputa do Mundial e a falta de dinheiro atrasou todo o planejamento do clube. A prova disso é que o Tricolor ainda está buscando peças para preencher o elenco. Somente nesta semana chegou Maicossuel e a diretoria encaminhou o acordo com Hernanes. O “brocador” é a principal esperança para preencher o vazio deixado por Lucas Barrios, que saiu ainda em dezembro. Por enquanto, mesmo com dificuldade de balançar as redes, Jael é quem fica com a posição.

Para piorar, o time ainda não conta com Arthur. Um dos destaques da Libertadores do ano passado, o jogador sentiu o tornozelo esquerdo e segue de fora. Desta forma, a responsabilidade fica na estrela Luan para buscar um resultado positivo fora de casa.

Diante deste cenário e da dificuldade de jogar no Estádio Libertadores da América, o Grêmio certamente ficará feliz em conseguir um empate, que garante R$ 3,10 para cada real, segundo números do Oddsshark.com. Já uma vitória vale inacreditáveis R$ 5,00. A tarefa é tão dura, que mesmo na dupla-chance, que reúne as duas opções, o retorno é de o dobro do valor aplicado.

Independiente sem pena de brasileiro
Um dos principais pontos favoráveis ao Independiente é a camisa. O clube tem um histórico vitorioso e não costuma bobear contra os brasileiros. O primeiro encontro ocorreu em 1975, com a equipe batendo o São Paulo na final da Libertadores. Depois repetiu dose justamente contra o Grêmio, em 1984. Pela Sul-Americana, superou o Goiás em 2010 e o Flamengo em 2017. A lista ainda é completa com um novo triunfo sobre o rubro-negro carioca, desta vez pela Supercopa Libertadores, realizada em 1995.

O Independiente, inclusive, entra em campo com a base que derrotou o Flamengo no Maracanã. O único desfalque é o ponta Barco, que teve ótima atuação no jogo da Argentina e foi o autor do gol do título no Rio de Janeiro.

A equipe segue no escalão mediano do seu país, aparecendo na 6ª colocação da Superliga. No entanto, o momento é positivo, pois chega de vitória sobre o Colón por 1 a 0. Com isso, o time deve aproveitar este embalo e o fator casa para largar na frente na decisão, exatamente como fez na Sul-Americana. Um triunfo nesta quarta-feira, garante R$ 1,83 para cada real. Caso vença por dois ou mais gols de diferença, o retorno salta para R$ 3,54, de acordo com dados do Oddsshark.com,

Para isso, vai precisar contar com o pé calibrado de Gigliotti, que é a principal esperança de gol dos argentinos. Sem Barco, Menendez e Meza são as peças responsáveis pelas armações das jogadas.

Histórico da Recopa
Disputada desde 1989, a Recopa Sul-Americana sofreu muitas interrupções, sendo que o maior período foi de 1999 a 2002. No entanto, desde 2003, a competição foi realizada continuamente.

No geral, o grande vencedor é o Boca Juniors, que levantou o caneco em quatro oportunidades. Finalistas desta edição, Grêmio e Independiente ganharam uma vez cada.

Jogo de ida da Recopa Sul-Americana 2018 e os números do Oddsshark.com.

14/02 – 22h – Independiente (R$ 1,83) x (R$ 5,00) Grêmio. Empate: R$ 3,10

 
 
" />