Série B: Ponte Preta encerra preparação com dúvidas no setor ofensivo

Com sinais de desgaste, meia Matheus Vargas e os atacante André Luís e Roberto foram preservados do treino desta quinta-feira

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 08 (AFI) - A Ponte Preta encerrou na manhã quinta-feira a preparação para o jogo contra o Juventude, marcado para as 20h30 desta sexta, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. O técnico Gilson Kleina, que não estará no banco de reservas por ter sido expulso na vitória por 1 a 0 sobre o Boa Esporte, não confirmou o time porque tem dúvidas em duas posições no setor ofensivo.

O meia Matheus Vargas e os atacantes André Luís e Roberto foram poupados do treinamento porque deram sinais de desgaste físico. Os três foram relacionados para a partida no Rio Grande do Sul, mas não é certo se vão começar entre os titulares.

“São jogadores que estão extenuados e mostrando uma situação de recuperação mais lenta. Vamos ver com quem podemos contar. Nossa preocupação é com os atletas”, explicou Kleina em entrevista coletiva.

POSSIBILIDADES
Independente da situação do trio, a Ponte terá mudanças na escalação, como a entrada de Nathan no lugar de João Vitor, suspenso. No banco, a novidade será o lateral-direito Igor, recuperado de lesão muscular na coxa. Além disso, o atacante Júnior Santos está à disposição após cumprir suspensão e retornará ao time. Resta saber no lugar de quem, uma vez que isso dependerá da condição dos três desgastados.

Ponte encerrou preparação nesta quinta-feira. (Foto: Fábio Leoni / PontePress)
Ponte encerrou preparação nesta quinta-feira. (Foto: Fábio Leoni / PontePress)
Caso, André Luís e Roberto sejam liberados, Kleina pode optar por uma formação com três atacantes. Diante deste cenário, Matheus Vargas deixa o time mesmo se tiver condições de jogo. Hyuri também seria sacado.

Dependendo do diagnostico do departamento médico, o técnico pontepretano trabalha com a possibilidade de utilizar Victor Rangel e Felipe Saraiva em alguma vaga no ataque. Ele também pode armar o time no 4-4-2, cenário no qual o volante Paulinho aparece como alternativa a Vargas.

A Ponte deve ir a campo Ivan, Ruan, Renan Fonseca, Reginaldo e Danilo Barcelos; Nathan, Lucas Mineiro e Tiago Real; Júnior Santos, André Luis (Hyuri ou Victor Rangel) e Roberto (Matheus Vargas ou Paulinho).

 
 
" />