Série A2: Penapolense completa 75 anos de história e tradição

No ano que vem, ao lado de outros 15 concorrentes irá disputar o Campeonato Paulista da Série A2

por Agência Futebol Interior

Penápolis, SP, 16 - Há exatos 75 anos surgia no cenário esportivo o Clube Atlético Penapolense, fruto da idealização dos esportistas da época. Com o passar do tempo, em especial nos anos de 2012 à 2015, o clube passou a ganhar o reconhecimento dentro do mundo do futebol.

FEITOS HISTÓRICOS

Neste período disputou a elite do Paulistão conseguindo feitos históricos, como derrotar o Palmeiras em pleno Pacaembu (2x3); segurar o Corinthians no Tenentão em empate (0x0) que resultou na desclassificação do time paulistano; aplicar uma sonora goleada no Santos dentro do Tenentão em 4 x 1 e eliminar o São Paulo dentro do Morumbi nas semifinais do Paulistão na cobrança de penalidades máximas após um empate sem gols no tempo regulamentar.

PRÓXIMA TEMPORADA

No ano que vem, ao lado de outros 15 concorrentes irá disputar o Campeonato Paulista da Série A2. A expectativa é de que novamente faça uma boa campanha.

HISTÓRIA

O Clube Atlético Penapolense foi fundado no dia 16 de novembro de 1944. Na época a cidade de Penápolis tinha 36 anos de fundação e apenas equipes amadoras de futebol como representantes. Até a década de 1930 dois times amadores dividiam os torcedores, mas após uma briga generalizada entre os jogadores e torcedores, eles foram extintos.

Mas, em 1944, um convite mudaria o rumo da história do futebol de Penápolis. O município de Fernandópolis convidou Penápolis para um amistoso. Este jogo acabou dando um novo impulso ao futebol local, já que deixaram empolgados os dirigentes da época. O Penapolense foi fundado por Godofredo Viana, sendo também o primeiro presidente.

CORES

As cores adotadas foram as da bandeira da cidade, já utilizadas pelo combinado que foi a Fernandópolis naquele ano. O time foi filiado na Federação Paulista de Futebol em 1951, ano em que disputou o primeiro campeonato profissional. Após vários anos figurando nas divisões inferiores, em 2007, através do presidente Cláudio Gomes Dias, deu o primeiro passo rumo à disputa da elite do Paulistão, algo que até então nunca havia ocorrido.

ACESSO

Em 2007 ocorreu o acesso para a Série A3. Já sob o comando da família Moreira, e tendo à frente o presidente Nilso Moreira, o Penapolense passou a alçar vôos mais altos. Em 2011 alcançou o acesso para a Série A2 e, sagrou-se campeão estadual pela Série A3. Com a conquista o escudo passou a contar com uma estrela em sua parte superior. Apesar de o planejamento inicial indicar a tentativa de acesso para a elite em 2015, com uma campanha fantástica ela acabou ocorrendo em 2012.

PLANEJAMENTO

Nilso Moreira, presidente do Penapolense
Nilso Moreira, presidente do Penapolense

Em 2013 o planejamento era de se manter na elite, mas mais uma vez o time surpreendeu e se classificou para as quartas de final, sendo derrotado frente ao São Paulo no Morumbi por 1 x 0.

Os bons resultados e a classificação garantiram uma vaga para a Série D do Brasileirão. Em seu segundo ano na elite, em 2014, o clube deu um passo ainda mais longe.

Com uma campanha fantástica chegou a inédita disputa das semifinais do Paulistão, sendo desclassificado com uma derrota frente ao Santos na Vila Belmiro pelo placar de 3 x 2. O time, comandando por Narciso dos Santos chegou a estar na frente em uma virada de 2 x 1, mas sucumbiu ao final.

FAZENDO HISTÓRIA

Até esta partida o Santos não havia ficado atrás do placar em nenhum outro jogo. Para chegar a esta decisão o time já havia feito história, pois eliminara o São Paulo em pleno Morumbi após um empate em 0 x 0 no tempo regulamentar.

Nas penalidades máximas venceu por 5 x 4. A boa campanha rendeu ainda a classificação para a Série D do Brasileirão pelo segundo ano consecutivo e ainda o de Campeão do Interior, fazendo com que o escudo recebesse uma nova estrela.

REBAIXAMENTO

Em 2015, com uma campanha irregular a equipe foi rebaixada para a Série A2, campeonato que disputou os últimos anos e que o fará em 2020. Os anos de 2016, 2017, 2018 e 2019, estes últimos sob a presidência de Luiz Gomes Mariano a equipe se manteve na importe Série A2 do Campeonato Paulista. Novamente sob o comando da Família Moreira, tendo à frente na presidência o médico Nilso Moreira, a equipe brigará por uma das vagas da elite no próximo ano.