São Bento 1 x 0 Portuguesa - Com gol de pênalti, Bentão vence a primeira no ano

Jheimy marcou o único gol da partida e garantiu a vitória do time de Sorocaba no Walter Ribeiro

por Rivail Oliveira

Sorocaba, SP, 26 (AFI) - Nesta manhã de calor intenso, na cidade de Sorocaba, o São Bento venceu a Portuguesa por 1 a 0, no Estádio Walter Ribeiro, em partida da segunda rodada do Campeonato Paulista da Série A2.

Foi um jogo de um primeiro tempo mais movimentado com os dois times criando boas chances, e um segundo período em ritmo mais lento, pelo desgaste dos times devido ao forte calorão na Manchester Paulista.

O placar, decretado aos 16 minutos com um gol de penal do atacante Jheimy, acabou sendo justo pela maior iniciativa do time do interior em buscar o gol. Com o resultado o São Bento somou seus primeiros três pontos e ocupa oitava posição. Com os mesmos três pontos, a Lusa é a sétima.

AZULÃO PRESSIONA E LUSA ASSUSTA
O São Bento começou o jogo marcando forte, diminuindo os espaços e empurrando a Lusa para defesa. A um minuto num escanteio, o zagueiro Adalberto subiu e cabeceou para fora. Aos cinco, Erick Luis desceu pela direita e cruzou para Jheimy, que dividiu com a zaga e o goleiro Dida mas o gol não saiu.

Aos dez, outra chegada forte do Azulão, com Erick Luis que chegou batendo de primeira pela esquerda mas a bola subiu muito. Erick Luis mais uma vez chegou forte mas a zaga dividiu na hora h e evitou o gol. Na sequencia; um bom ataque Luso, a testada e e boa defesa de Lucas Macanham. Aos 15, Allan Vieira cobrou falta que raspou o gol luso.

Aos 22 Erick Luis soltou o pé e exigiu grande defesa de Dida. No escanteio, o mesmo jogador tentou mas o goleiro Lusa apareceu bem outra vez. Na resposta lusa, aos 23, depois de escanteio, Léo Bahia mandou a bomba mas a bola subiu.

O São Bento levou a melhor sobre a Portuguesa (Foto: Neto Bonvino)
O São Bento levou a melhor sobre a Portuguesa (Foto: Neto Bonvino)
Depois dos 25 minutos, a pressão do São Bento se reduziu e a Portuguesa saiu mais para o jogo. Aos 26 Flavio tentou recuar, o fez mal e Macanham evitou o gol contra. Dois minutos depois, numa saída de bola ruim da defesa azul, Roger Gaúcho emendou com perigo.

O jogo ficou aberto nos minutos finais: aos 37, depois de um cruzamento, Jheimy cabeceou com estilo mas a bola passou raspando a meta lusa. Aos 39, Roger Gaúcho recebeu cruzamento da esquerda e bateu de primeira, assustando o goleiro Lucas, do Bentão. Aos 43 Lucio Flavio recbeeu bom passe em velocidade e mandou no poste do gol de Lucas. Aos 47 minutos, a Lusa chegou com Vinicius cruzou, Lucas espalmou e quase sai o gol da luso. Ainda teve uma ultima chance para a Lusa com Rafael Toledo e depois Leo Pereira. E ficou nisso, 0 a 0.

BENTÃO DEFINE COM GOL DE PÊNALTI
O segundo tempo começou em marcha lenta, em Sorocaba. Aos seis minutos Jheimy recebeu grande lançamento, saiu cara a cara com Dida, mas chutou em cima do goleiro luso; aos nove Adalberto cabeceou fraco e facilitou para Dida. E aos 25 minutos Erick sofreu penal de Caique. Na cobrança, Jheimi bateu bem deslocando Dida, 1 a 0.

Depois do gol, o São Bento passou a administrar o placar, enquanto a Portuguesa tinha muitas dificuldades em entrar na defesa azul. Aos 30 Jheimy tentou o chute e Dida teve dificuldades mas, fez a defesa. Aos 37 minutos a Lusa voltou ao ataque, num centro da direita, Bruno Mota cabeceou mas mandou no meio onde estava o goleiro Lucas. Roger tentou aos 42, mas a bola foi por cima. A Lusa ainda tentou uma pressão final mas acabou assim, 1 a 0, primeira vitória do Bentão em 2020.

PRÓXIMOS JOGOS
Na terceira rodada, quarta-feira (29), o São Bento recebe o Sertãozinho em Sorocaba ás 19h15; No mesmo dia, no Canindé, 20h30, a Portuguesa enfrenta o Taubaté.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
2ª rodada
Data
26/01/2020
Horário
11h00
Local
Municipal Walter Ribeiro - Sorocaba (SP)
Árbitro
Ilbert Estevam da Silva

Renda
R$ 22.570,00
Assistentes
Luis Felipe Prado Silva e Leonardo Augusto Villa

Público
1.848 pagantes
Gols
São Bento: Jheimy 16' 2T
São Bento
Lucas Macanham;
Marcos Martins, Flavio Boaventura, Adalberto e Allan Vieira (Luis Henrique);
Fábio Bahia, Evandro e Thiago Primão (Wellington Bruno);
Erick Luis (Diego Tavares), Jheimy e Ruan.
Técnico: Léo Condé
Portuguesa
Dida;
Léo Pereira, Raniele, Bruno Maia e Vinicius Silva;
Caique (Lucas Siqueira), Raphael Toledo, Adilson Bahia (Bruno Mota) Edson (Jorge Eduardo);
Roger Gaúcho e Lucio Flavio.
Técnico: Moacir Júnior