Juventus 1 x 1 Sertãozinho - Empate de invictos pela Série A2 na Rua Javari

As duas equipes venceram a partida de estreia e chegam agora a quatro pontos na competição

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 26 (AFI) - Neste domingo, o Sertãozinho foi até a cidade de São Paulo jogar contra o Juventus, na Rua Javari, pela segunda rodada do Campeonato Paulista da Série A2 de 2020 e saiu com um empate.

Como venceram na estreia, os dois times chegaram agora a quatro pontos, dividindo a liderança com Monte Azul, Taubaté e São Bernardo. Apenas o Penapolense, que ainda não jogou, pode ultrapassar os cinco líderes e se isolar na ponta se vencer na conclusão da rodada.

O JOGO
No primeiro tempo o jogo foi muito equilibrado e teve algumas chances para os dois lados. O Sertãozinho finalizou cinco vezes, a mais clara com Danillo Bala aos 12 minutos. O Touro ainda marcou aos 43 minutos com Magrão, mas o bandeira sinalizou impedimento.

A segunda etapa a partida continuou disputada. O volante Xavier com três oportunidades quase abriu o placar, mas foi o Juventus que marcou primeiro com Léo Castro. O Sertãozinho reagiu rápido e quatro minutos depois Dener alçou na área e Magrão de cabeça deixou tudo igual.

O time manteve o ritmo forte, mas João Guilherme operou dois milagres. Depois Nandinho em jogada individual pela esquerda chutou e quase vira a partida. Final de jogo termina em 1 a 1. O Touro soma agora 4 pontos na competição.

PRÓXIMOS JOGOS
O Sertãozinho volta a campo na próxima quarta-feira para encarar o São Bento, em Sorocaba, pela terceira rodada da Série A2. No mesmo dia, o Juventus visita o Monte Azul no estádio Otacília Patrício Arroyo.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
2ª rodada
Data
26/01/2020
Horário
10h00
Local
Rua Javari - São Paulo (SP)
Árbitro
Pietro Dimitrof Stefanelli

Renda
R$ 47.985,00
Assistentes
Leonardo Tadeu Pedro e Eduardo Vequi Marciano

Público
2.788 pagantes
Gols
Juventus: Léo Castro 16' 2T
Sertãozinho: Magrão 19' 2T
Juventus
André Dias;
Thiaguinho (Maycon), Robson, Diego Sacoman e Alê (Thiago);
Paulo Henrique, Léo Castro e Gil;
Danilo (João Lucas) e Potiguar.
Técnico: Alex Alves
Sertãozinho
João Guilherme;
Toninho, Dema, Guilherme Paraíba e Franklin;
Dener (Felipe Recife), Xavier, Vinicius Sousa (Nandinho)e João Gabriel;
Danillo Bala (Michel) e Magrão.
Técnico: José Carlos Serrão