XV de Piracicaba 0 x 0 Nacional - Nhô Quim conhece seu primeiro tropeço na Série A2

Por outro lado, o Naça somou o seu primeiro ponto na competição e deixou o descenso

por Agência Futebol Interior

Piracicaba, SP, 26 (AFI) – O XV de Piracicaba conheceu o seu primeiro tropeço do Campeonato Paulista da Série A2 ao ficar no empate sem gols diante do Nacional na tarde deste sábado, em pleno Estádio Barão da Serra Negra, pela terceira rodada.

O resultado, no entanto, ainda não tirou o XV de Piracicaba da liderança do torneio, com sete pontos, já que Água Santa e Taubaté, ambos com seis, entram em campo neste domingo. O Nacional, por sua vez, deixou a zona de rebaixamento e subiu para a 14ª posição, com um.

O JOGO
A exemplo do que mostrou anteriormente, o XV de Piracicaba foi para o ataque logo nos minutos iniciais. O Nacional, por outro lado, deixou claro seu intuito em se fechar no campo defensivo e levar um ponto para São Paulo, objetivo que foi alcançado. O chute mais perigoso dos visitantes na primeira etapa ocorreu aos 18 minutos. Danilo Negueba finalizou de esquerda, rasteiro, de fora da área, e a bola passou perto da trave esquerda da meta defendida por Luiz Fernando.

O goleiro, aliás, foi uma das novidades no time titular quinzista. Ainda com Fábio Toth fora, por contusão, o técnico Tarcísio Pugliese optou pelo revezamento, dando a oportunidade para o arqueiro do Nhô Quim, enquanto Leonardo iniciou o confronto entre os suplentes. Ao todo, foram cinco desfalques pelos lados da equipe piracicabana, que teve sua melhor oportunidade, no primeiro tempo, no último lance, em bola de Danilo Bueno que explodiu no travessão.

XV de Piracicaba só empata com Nacional no Barão - Elcio Fabretti
XV de Piracicaba só empata com Nacional no Barão
NÃO SAIU DO ZERO
A jogada teve origem em bola alçada para Kadu Barone, na linha de fundo, dentro da área. O atacante ajeitou de primeira antes do arremate do meio-campista. O segundo tempo teve seu panorama inalterado. Não satisfeito com a igualdade no marcador, Pugliese deixou o Alvinegro Piracicabano ainda mais ofensivo, com a entrada do meio-campista Cássio Gabriel no lugar do volante Elias Ceará, aos 18 minutos.

Três minutos depois, o zagueiro Gilberto Alemão alçou a bola na área para Ronaldo, que cabeceou no canto direito de Maurício. O goleiro do clube da capital caiu e espalmou bem, impedindo o gol dos donos da casa. Aos 34 minutos, outra substituição no intuito de tornar a equipe quinzista ainda mais ofensiva: o atacante Erison fez sua estreia entre os profissionais do XV, entrando no lugar do lateral-direito Robertinho.

Maurício apareceu de novo muito bem, um minuto depois, quando Danilo Bueno jogou por cobertura. O arqueiro deu um passo para trás e um tapa na bola para escanteio. O Nacional ainda teve Léo Cunha expulso aos 41 minutos. O lateral-direito, que já tinha cartão amarelo, fez falta dura em investida do Nhô Quim e deixou o gramado mais cedo. No entanto, o Alvinegro não conseguiu furar o bloqueio defensivo adversário e as redes no Barão não foram balançadas.

PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, o XV encara o Água Santa na quarta-feira, às 16h, no Estádio Distrital do Inamar. No mesmo dia e horário, o Nacional pega o Rio Claro no Nicolau Alayon.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
3ª rodada
Data
26/01/2019
Horário
17h00
Local
Barão da Serra Negra - Piracicaba (SP)
Árbitro
Leandro Carvalho da Silva

Renda
R$ 54.510,00
Assistentes
Fernando Afonso Gonçalves de Melo e Leandra Aires Cossete

Público
3.710 torcedores
Cartões Amarelos
XV de Piracicaba: Walfrido, Michel Benhami
Nacional: Patrik, Everton Dias, Danilo Negueba, Léo Cunha, Gabriel Santos, Matheus Ortigoza

XV de Piracicaba
Luiz Fernando;
Robertinho (Erison), Douglas Marques, Gilberto Alemão e Michel Benhami;
Elias Ceará (Cássio Cagriel), Walfrido e Danilo Bueno;
Ítalo, Ronaldo e Kadu Barone (Andrey).
Técnico: Tarcísio Pugliese
Nacional
Maurício Telles;
Léo Cunha, Gabriel Santos (Jeferson), Everton Dias e Caio Mendes;
Bruno Sabino, Everton Tchê e Danilo Negueba;
Matheus Humberto, Matheus Ortigoza (Patrik) e Lucas Lino (Thiago Elias).
Técnico: Ala Aan