Portuguesa 2 x 1 Rio Claro - Último invicto cai, Lusa vence de virada e deixa o Z6

Bruno Silva e Leandro Domingues marcaram os gols que tiram o time da zona do rebaixamento

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 20 (AFI) - O último invicto da Série A2 do Campeonato Paulista caiu na noite desta segunda-feira. O Rio Claro enfrentou a Portuguesa no estádio do Canindé e perdeu, de virada, por 2 a 1, no fechamento da 11ª rodada. Além disso, o time perde a posição no G4. Por outro lado, a Portuguesa dá um grande salto na tabela e se afasta da zona do rebaixamento.

A vitória, depois de quatro derrotas seguidas, faz com que a Portuguesa chegue aos 13 pontos, saía da zona do rebaixamento e chegue ao 11º lugar. Entretanto, a Lusa está apenas um ponto na frente do XV de Piracicaba, time que abre o Z6. Na parte de cima da tabela o Rio Claro permanece com 20 pontos, só que fora do G4. Apesar de perder a primeira, o Galo Azul caiu para o quinto lugar.

VIRADA

O Rio Claro foi ao Canindé pensando somente na vitória para voltar ao G4 da Série A2. E logo no começo do jogo, Daniel Bueno deu o cartão de visitas do Galo Azul. Aos 4 minutos, o atacante aproveitou a cobrança de escanteio para subir mais que a zaga e cabecear para o gol. Entretanto, a vantagem não durou muito tempo.

A Portuguesa reagiu e passou a controlar os jogos. O time ganhou, e muito, no lado direito com os estreantes Leandro Domingues e Amaral, que deram mais ritmo ao time. E foi por lá que saiu o gol de empate. Aos 8 minutos, Leandro Domingues foi derrubado na área. Pênalti que Bruno Silva bateu forte, rasteiro, para deixar tudo igual.

Depois do gol a Lusa continuou melhor na partida. Estreante e veterano, Leandro Domingues era o responsável pelas principais jogadas do time na partida, apesar da forte marcação do Rio Claro. Em um jogada, quatro jogadores do Galo Azul estavam cercando o meia lusitano. Entretanto, foi deixar ele livre uma vez para o jogo mudar. Leandro Domingues recebeu a bola de Mateo e bateu na saída do goleiro Paulo Vitor, por baixo, para virar o jogo aos 25 minutos.

Sem empolgar e com pouca velocidade no ataque, o Rio Claro tentou voltar ao jogo, mas o time estava errando muitos passes e não levava nenhum perigo ao gol de Ricardo Berna. A melhor chance criada foi apenas aos 37 minutos, quando Alê arriscou de fora da área e a bola passou perto do travessão do goleiro da Portuguesa.

FIM ELETRIZANTE

Diferente do primeiro tempo, os dois times voltaram devagar depois do intervalo. Precisando da vitória, o técnico Sérgio Guedes mexeu no Rio Claro e montou um time mais ofensivo, no 4-3-3. O time, porém, demorou a responder. A melhor chance criada foi apenas aos 22 minutos, quando Fernandinho arriscou de fora da área e, por pouco, não empatou a partida.

Depois desse lance o Rio Claro cresceu na partida e foi com tudo para cima da Portuguesa. Primeiro, Hudson arriscou de fora da área e Ricardo Berna rebateu. Já a Lusa tentava se aproveitar dos contra-ataques, mas sem sucesso. Leandro Domingues até tentou armar duas jogadas, ma a defesa afastou.

O Rio Claro criou uma boa chance aos 34 minutos, quando Danilo Lopes chutou forte, cruzado, exigindo grande defesa do goleiro Ricardo Berna. Com o resultado negativo, o Galo Azul passou a tentar empatar de qualquer jeito, principalmente em chutes de fora da área ou de levantamentos para a área.

Nos minutos finais o time abusou do "chuveirinho" e, por pouco, não empatou. Em dois cruzamentos, Ricardo Berna saiu errado e o zagueiro Vinícius Corrêa, da Portuguesa, salvou em cima da linha duas bolas que certamente iriam para o gol. Foram "dois gols" que asseguraram a vitória da Lusa, que ainda teve uma chance de ampliar com Bruno Silva, em contra-ataque.

PRÓXIMOS JOGOS

A Portuguesa volta a campo na próxima quinta-feira, quando enfrenta o Juventus na Rua Javari, às 15 horas, em confronto direto contra o rebaixamento. Já o Rio Claro terá um jogo duro contra o Água Santa, líder do campeonato, em Rio Claro, também na quinta, mas às 20 horas. Os jogos são válidos pela 12ª rodada.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
11ª rodada
Data
20/03/2017
Horário
20h00
Local
Canindé - São Paulo (SP)
Árbitro
Thiago Luis Scarascati

Assistentes
Daniel Luis Marques e Luis Felipe Prado Silva

Cartões Amarelos
Portuguesa: Thiago Feltri, Everton
Rio Claro: Walter, Alê

Cartões Vermelhos
Portuguesa: Everton
Gols
Portuguesa: Bruno Silva 9' 1T, Leandro Domingues 26' 1T
Rio Claro: Daniel Bueno 4' 1T
Portuguesa
Ricardo Berna;
Amaral (Bruno Santos), Vinícius Gouveia, Everton e Thiago Feltri;
Dinho, Sandro Silva (Basualdo), Luizinho e Mateo Bustos (Rico);
Leandro Domingues e Bruno Silva.
Técnico: Estevam Soares
Rio Claro
Paulo Vitor;
Hudson (Guilherme), Odair, Walter e Matheus;
Alê, Acleisson (Franco), Fernando (Danilo Lopes) e Francismar;
Daiel Bueno e Fernandinho.
Técnico: Sérgio Guedes
aaa