Após revés em Fortaleza, Felipão pede frieza e calma para Palmeiras se reabilitar

Desde a volta da Copa América, o Verdão empatou com São Paulio, perdeu do Ceará e foi eliminado da Copa do Brasil

por Agência Estado

Fortaleza, CE, 21 (AFI) - A parada dos campeonatos para a disputa da Copa América não fez bem ao Palmeiras. Desde a volta das competições, a equipe foi eliminada da Copa do Brasil pelo Internacional, empatou o clássico contra o São Paulo e perdeu para o Ceará. Agora, o time alviverde se prepara para enfrentar o argentino Godoy Cruz pela ida das oitavas de final da Copa Libertadores.

O técnico Luiz Felipe Scolari disse que o Palmeiras precisa ter "frieza" e "calma" para se reabilitar. O jogo contra o Godoy Cruz será realizado na terça-feira, em Mendoza, na Argentina.

"Não me lembro qual ano, mas teve uma parada e que quem estava na frente teve dificuldades, e é o nosso caso agora. Só que nós temos que resolver isso em dois dias. Temos quer ter frieza, calma com os jogadores, não mudar as características. Isso é do dia a dia de trabalho. Claro que tem uma expectativa de melhorar no próximo jogo, temos um mata-mata. É conversar e ter calma, porque sem calma vamos jogar tudo que fizemos fora", avaliou o treinador.

"Agora, nesses dois dias, é tentar corrigir para colocar nos eixos para o jogo (contra o Godoy Cruz). Com tempo, mais na frente, se começar a colocar dúvidas vamos deixar o time maluco. Não é assim", acrescentou Felipão.

Após a derrota para o Ceará, o Palmeiras segue diretamente para a Argentina. A equipe enfrenta uma maratona de jogos fora de casa: antes, já tinha jogado contra o Internacional em Porto Alegre, na última quarta-feira.

O Palmeiras, apesar do revés, segue como líder do Brasileirão, com 26 pontos conquistados. Pela Copa Libertadores, os duelos das oitavas de final serão realizados nesta terça-feira, na Argentina, e no dia 30 de julho, no Allianz Parque.