Série D: Atacante completa 100 jogos com a camisa do Novorizontino

Cléo Silva alcançou a marca na partida contra o Tubarão-SC, pela terceira rodada da Série D, na última sexta-feira

por Agência Futebol Interior

Novo Horizonte, SP, 01 - Depois de entrar em campo na vitória do Novorizontino sobre o Tubarão-SC, por 1 a 0, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série D, na noite da última quarta-feira, no Jorjão, o atacante Cléo Silva completou 100 jogos pelo Tigre.

Cleone Santos Silva tem 30 anos. Ele nasceu no interior do Sergipe e chegou ao Novorizontino em 2014. Porém, a primeira partida dele pelo Tigre foi em 2015. Cléo já foi vice-campeão da A2 com a equipe.

“Eu estou muito feliz por ter completado 100 jogos com essa camisa. Sempre falo que ela é a minha segunda pele. Sabemos da dificuldade que é um atleta alcançar esse número estando em um clube do interior, por isso, fico até mais feliz por esse momento”, falou Cléo Silva.

Cléo Silva vestiu camisa comemorativa dos 100 jogos na partida diante do Tubarão-SC (Foto: Maria Paula Laguna/Novorizontino)
Cléo Silva vestiu camisa comemorativa dos 100 jogos na partida diante do Tubarão-SC (Foto: Maria Paula Laguna/Novorizontino)

REFERÊNCIA

O vice-presidente do Conselho Deliberativo, Roberto de Biasi, citou a importância do atleta para o time e para a torcida.

“O Cléo é o ídolo da torcida e dos meninos que estão se formando. Nós temos certeza de que mesmo quando ele erra, ele nunca desiste de tentar acertar. O nome dele está marcado no Novorizontino. É difícil encontrar alguém com mais força de vontade e determinação do que ele. É uma pessoa que tem todo o nosso carinho e admiração, disse.

O presidente do Tigre, Genilson da Rocha Santos, relembrou a chegada do atacante no time. “Nunca vou me esquecer de quando fizemos o convite para que ele jogasse no Novorizontino, ficou marcado. O clube é muito grato por toda história e emoção que o Cléo nos proporcionou. Ele é uma das referências no modelo de jogador que queremos para o clube. Ele serve de exemplo para muitos. Se entrega, se dedica, se doa até o fim. É o nosso primeiro jogador que completa 100 jogos, ele é um exemplo para todos nós", pontuou.