Paulista A3: Com elenco fechado, Betão Alcantara confia no acesso do Noroeste

O primeiro passo, de acordo com o clube, é classificar o time entre os oito que disputarão o mata-mata da segunda fase

por Agência Futebol Interior

Bauru, SP, 10 (AFI) - Dentro de campo, o técnico Betão Alcântara e a comissão técnica do Noroeste estão confiantes numa boa campanha, que objetiva o acesso, mas que trabalha com os pés no chão. O primeiro passo, de acordo com o clube, é classificar o time entre os oito que disputarão o mata-mata da segunda fase do Paulista A3.
O Noroeste manteve os principais destaques da última Copa Paulista, como o goleiro Cairo, o lateral-direito Pacheco, os zagueiros Jean Pierre e Junior Campos, os volantes Rogério Maranhão, Igor Pimenta e PV. Além deles, o zagueiro Vitor Gava, destaque do time em 2017, está de volta após lesão. São remanescentes do elenco os goleiros Eduardo, Tales Leonardo e o garoto Douglas, além do jovem atacante Rogério Sena.
 Noroeste conta com time de nutrição para o Paulistão (Foto: Bruno Freitas/Noroeste)
Noroeste conta com time de nutrição para o Paulistão (Foto: Bruno Freitas/Noroeste)
Nas contratações, o Noroeste trouxe grandes nomes, como o volante Richarlyson, bauruense tricampeão brasileiro e do Mundial Fifa pelo São Paulo, bicampeão mineiro e campeão da Libertadores pelo Atlético (MG). O ídolo da geração campeã do interior e que disputou a Série A1 de 2016, o atacante Leandrinho, está de volta. Seu último clube foi o Sete de Dourados (MS).
Reforçam o Alvirrubro também os laterais Ian (ex-Ferroviária) que já defendeu o Norusca em 2015, Renan (ex-Grêmio Novorizontino), um trio de jovens destaques do Osvaldo Cruz: lateral-esquerdo Denilton Xavier, o volante John Egito e o centroavante Pedro Felipe. Vieram também o meia Diego Souza (ex-Palmeiras), candidato a ser o camisa 10 do time, o volante Felipe Merlo (ex-Barretos), Léo Gonçalves (ex-Portuguesa), o centroavante Jackson (ex-Atibaia), Talles Brener (ex-Fluminense) que vem por empréstimo do Mirassol, o atacante Lucas Dantas (ex-Sergipe) e Caio Barbosa (ex-Criciúma).