MINEIRO: Atlético volta a vencer Tombense e conquista o 1º título da Era Sampaoli

O Galo entrou em campo neste domingo podendo até empatar, mas ganhou com gol do volante Jair

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 30 (AFI) - O Atlético-MG fez o bastante na tarde deste domingo para vencer o Tombense, por 1 a 0, no Mineirão, e voltar a conquistar o Campeonato Mineiro depois de ver o rival Cruzeiro comemorar nos últimos dois anos.

O time comandado por Jorge Sampaoli tinha ainda a vantagem do empate depois de ter vencido o primeiro jogo na final, por 2 a 1, também no Mineirão, na última quarta-feira.

Esse foi o 45º título estadual do Atlético-MG, que é o maior vencedor do Campeonato Mineiro, aumentando a vantagem sobre o Cruzeiro, que tem 38. Já o Tombense não foi dessa vez que comemorou a conquista inédita.

SÓ DEU GALO
Mesmo em vantagem, o Atlético-MG começou a partida em cima e criou três boas chances. Logo no primeiro minuto, Keno finalizou rasteiro e Felipe Garcia defendeu. Depois foi a vez de Franco assustar com chute para fora. Aos nove, Keno, mais uma vez, bateu de primeira por cima do travessão.

Atlético-MG levou a melhor sobre o Tombense (Foto: Bruno Cantini/Agência Galo)
Atlético-MG levou a melhor sobre o Tombense (Foto: Bruno Cantini/Agência Galo)

O Tombense não conseguia ficar com a bola e era totalmente dominado pelo Galo, que tinha dificuldades para entrar na área adversário. Isso fez com que o jogo caísse de produção. Aos 40, Savarino chegou a abrir o placar, mas estava impedido e o gol foi anulado.

Nos acréscimos, Eduardo Sasha cabeceou e Felipe Garcia fez grande defesa, espalmando para escanteio. Na cobrança de Guilherme Arana, Jair subiu livre e desviou de cabeça no ângulo do goleiro, abrindo o placar no Mineirão.

PRIMEIRO TITULO DE SAMPAOLI

FICOU MORNO
O Tombense voltou com uma postura mais ofensiva e assustou logo aos três minutos em cabeçada de Rubens para fora. Tranquilo, o Atlético-MG só administrava a vantagem, apesar do técnico Jorge Sampaoli pedir para o time sair mais.

Aos 33, Hyoran cruzou e a bola caiu nos pés de Marquinhos, que chutou para grande de Felipe Garcia. O segundo gol atleticano praticamente garantiria o título ao Galo. O Tombense não mostava mais forças para reagir.

Depois foi a vez de Júnior Alonso parar em Felipe Garcia. No final do segundo tempo, o volante Allan recebeu o segundo amarelo, foi expulso e ainda empurrou o árbitro. Mesmo com um a menos, o Atlético-MG quase marcou através de Marrony.

Ficha Técnica

Fase
Final
Rodada
2ª rodada
Data
30/08/2020
Horário
16h00
Local
Mineirão - Belo Horizonte (MG)
Árbitro
Ronei Candido Alves

Assistentes
Marcus Vinícius Gomes e Felipe Alan Costa de Oliveira

Cartões Amarelos
Tombense: Serginho, Marquinhos, Gabriel Lima, Rodrigo
Atlético: Allan, Guilherme Arana, Jair

Cartões Vermelhos
Atlético: Allan
Gols
Atlético: Jair 48' 1T
Tombense
Felipe Garcia;
David, Admilton, Matheus Lopes (Ramon) e João Paulo;
Rodrigo, Serginho (Gabriel Lima), Ibson (Jhemsrson) e Marquinhos (Gerson Júnior);
Cássio Ortega (Maycon Douglas) e Rubens.
Técnico: Eugênio Souza
Atlético
Rafael;
Mariano, Réver, Júnior Alonso e Guilherme Arana;
Allan, Jair e Franco;
Savarino (Hyoran), Keno (Marquinhos) e Eduardo Sasha (Marrony).
Técnico: Jorge Sampaoli