UFC: No último card do ano, no Las Vegas 17, três vitórias brasileiras

José Aldo, Michel Pereira e Taila Santos venceram por pontos, enquanto Marlon Moraes foi nocauteado

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 19 (AFI) – No último UFC do ano os brasileiros se deram bem nesta noite de sábado em UFC Las Vegas 17. Três brasileiros estiveram no Card Principal, com duas vitórias e um derrota, e uma brasileira venceu no Card Preliminar.

O ex-campeão peso-pena José Aldo, após três derrotas, voltou a vencer. Bem preparado fisicamente ele sempre foi superior ao equatoriano Marlon Vera e ganhou por pontos em decisão unânime no peso galo.
José Aldo venceu equatoriano
José Aldo venceu equatoriano

MICHEL VENCE, MARLON PERDE
O ascendente Michel Pereira ganhou mais uma, mas desta vez em pontos e com alguma dificuldade diante do americano Khaos Williams.

O homem que gosta de dar show, desta vez, não brilhou tanto, mas mereceu a vitória também por unânime decisão dos juízes.

MARLON NÃO RESISTE
O ex-desafiante ao título do peso galo, Marlon Moraes perdeu no primeiro round. Ela te começou bem, derrubou seu adversário, mas depois levou uma sequência de golpes – diretos e uper – e caiu diante de Rob Font, também americano, que comemorou muito a vitória sobre o número 3 do ranking.

O vitorioso, agora, é número 6 entrando no Top 10, após conquistar sua terceira vitória seguida.

BRASILEIRA VENCE
No Card Preliminar, a brasileira Taila Santos ganhou bem. Passou pela americana Gillian Robertson também por decisão unânime.

Taila Santos foi superior e venceu por pontos
Taila Santos foi superior e venceu por pontos


No Card Principal, além dos brasileiros – José Aldo, Michel Pereira e Marlon Moraes – aconteceram outras duas lutas.

LUTAS PRINCIPAIS
Na abertura do card, na luta de peso pesado, o polonês Marcin Tybura venceu o americano Greg Hardy.

Na luta principal, numa grande luta, Stephen Thompson venceu Geoff Neal por decisão unânime e com ampla vantagem - (50-45, 50-45, 50-45)

Card principal

Stephen Thompson venceu Geoff Neal por decisão unânime (50-45, 50-45, 50-45);

José Aldo venceu Marlon Vera por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Michel Pereira fez luta inteligente
Michel Pereira fez luta inteligente

Michel Pereira venceu Khaos Williams por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Rob Font venceu Marlon Moraes por nocaute técnico aos 3m47s do 1º round;

Marcin Tybura venceu Greg Hardy por nocaute técnico aos 4m13s do 2º round;

Card preliminar

Anthony Pettis venceu Alex Morono por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Pannie Kianzad venceu Sijara Eubanks por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Deron Winn venceu Antonio Arroyo por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Taila Santos venceu Gillian Robertson por decisão unânime (30-26, 30-26, 29-28);

Tafon Nchukwi venceu Jamie Pickett por decisão unânime (30-25, 30-26, 30-26);

Jimmy Flick venceu Cody Durden por finalização (triângulo) aos 3m18s do 1º round;

Christos Giagos venceu Carlton Minus por decisão unânime (30-26, 29-27, 29-28).