UFC: Brasileiro não aguenta e sofre nocaute para o 'herdeiro' de Anderson Silva

Na luta preliminar, o polonês Jan Blachowicz conquistou o cinturão de peso meio-pesado ao derrubar Dominck Reyes

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 27 (AFI) - Não deu para o brasileiro Paulo Costa, o Borrachinha, na disputa do título meio-médios (até 84 kg) no UFC 253. Nesta madrugada, na Ilha da Luta em Abu Dabhi, ele foi derrotado pelo nigeriano Israel Adesanya. O campeão derrubou o brasileiro no segundo round e venceu por nocaute.

Chamado de 'herdeiro' de Anderson Silva, esta foi sua segunda defesa do título de Adesanya que continua invicto, agora com 20 vitórias, contra 13 vitórias de Borrachinha, agora com uma derrota em seu cartel.

Na luta preliminar, o polonês Jan Blachowicz. de 37 anos, conquistou o cinturão de peso meio-pesado ao derrubar Dominck Reyes no terceiro round. Ele fica com o título deixado por Jon Jones, que abriu mão do cinturão.

Israel Adesanya mantém cinturão dos meio-médios
Israel Adesanya mantém cinturão dos meio-médios

LUTA COM DOIS ROUNDS
No primeiro round, Adesanya insistiu nos chutes baixos na perna esquerda do brasileiro, que ficou bastante marcada. Borrachinha, por várias, vezes provocou o campeão, que venceu o round por 10 a 9 com chutes perigosos.

Polonês fica com cinturão de Jon Jones
Polonês fica com cinturão de Jon Jones
No segundo round, o campeão manteve seu ritmo, insistindo em chutes. Apesar das provocações, o brasileiro não conseguiu acertar nenhum golpe.

Até que quando faltava um minuto e dez segundos ele acertou um chute de pé esquerdo na cabeça de Borrachinha, seguido de dois jabs que bambearam o brasileiro. Caiu aos 3m59 do segundo round.

Por fim, acertou um cruzado forte de esquerda e derrubou o brasileiro. Deu mais alguns golpes no chão e foi interrompido pelo árbitro. Borrachinha teve que ser atendido no chão, sangrando muito na cabeça e no supercílio direito.