Linense planeja reformulação para Série D após rebaixamento no Paulistão

Uma das prioridades da diretoria é decidir o futuro do técnico Márcio Fernandes, que tinha contrato até o fim do Estadual

por Agência Futebol Interior

Lins, SP, 12 (AFI) - O gol marcado por Alison aos 42 minutos do segundo tempo no último domingo decretou o rebaixamento do Linense para a Série A2 do Campeonato Paulista. Como não poderia ser diferente, o clima no vestiário do Estádio José Maria de Campos Maia era bastante pesado.

"Foi muito duro, todo mundo abalado, chorando no vestiário... Foi um castigo muito grande por ter sido no final do jogo", revelou o técnico Márcio Fernandes.

O técnico Márcio Fernandes ainda não sabe se vai permanecer no Linense para a Série D do Brasileiro
O técnico Márcio Fernandes ainda não sabe se vai permanecer no Linense para a Série D do Brasileiro
O Linense terminou na penúltima colocação do Paulistão, com dez pontos, dois a mais que o lanterna Santo André. O Mirassol foi o primeiro time fora da zona de rebaixamento, com 12. No geral, o Elefante da Noroeste teve duas vitórias, quatro empates e seis derrotas.

BOLA PRA FRENTE!
Apesar da tristeza pelo rebaixamento, a diretoria do Linense já tem que iniciar a reformulação no grupo pois em abril começa a disputar o Campeonato Brasileiro da Série D. Uma das prioridades é definir o futuro do técnico Márcio Fernandes, que foi contratado para o lugar de Moacir Júnior com o Paulistão em andamento e tinha contrato até o fim do Estadual.

Depois disso, jogadores devem ser dispensados e outros contratados. Um dos poucos que conseguiu se salvar, o atacante Wilson dificilmente vai permanecer em Lins, pois seu futebol teria chamado a atenção de outros clubes brasileiros, como Ponte Preta, Guarani e Goiás.

 
 
" />