Conmebol anuncia punições para brigões de Grêmio e Internacional. Confira!

O zagueiro Paulo Miranda e o lateral-esquerdo Moisés foram os mais prejudicados, com quatro jogos de suspensão cada

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 22 (AFI) - A Conmebol não aliviou para os "brigões" que participaram da confusão generalizada durante o clássico entre Grêmio e Internacional, na Arena do Grêmio, pela segunda rodada da Copa Libertadores.

O clássico realizado no dia 12 de março terminou empatado sem gols. Aos 40 minutos do segundo tempo, Moisés e Pepê iniciaram uma discussão na linha lateral. A confusão tomou conta do gramado, com participação, inclusive, dos reservas.

Moisés e Paulo Miranda foram suspensos por quatro partidas
Moisés e Paulo Miranda foram suspensos por quatro partidas
Os mais prejudicados foram o lateral-esquerdo Moisés (Internacional) e o zagueiro Paulo Miranda (Grêmio), que receberam quatro jogos de suspensão, além de uma multa de R$ 16,7 mil.

Mas a situação não ficou boa também para o volante Edenilson (Internacional) e o atacante Luciano (Grêmio), suspensos por três partidas e multados em R$ 16,7 mil.

Além deles, outros quatro jogadores foram punidos com um jogo e multa de R$ 8,3 mil: o lateral-esquerdo Caio Henrique e o atacante Pepê, do Grêmio, e o zagueiro Victor Cuesta e o meia Praxedes, do Internacional.