Copa Paulista: Técnico e goleiro da Portuguesa analisam derrota e lamentam lanterna

O comandante enxerga o lance do gol como desatenção do setor defensivo após uma cobrança de falta cobrada de forma rápida pelo Juventus

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 16 (AFI) - Quatro jogos, três derrotas e apenas uma vitória, esse é o retrospecto do inicio da Portuguesa na Copa Paulista. No último domingo, a Lusa acabou perdendo o clássico dos imigrantes para a Juventus com um gol marcado aos 45 minutos do segundo tempo e permaneceu na lanterna do Grupo 3.

“Esse jogo tínhamos que vencer. Pela qualidade que temos e pelo modo que jogamos, a Portuguesa não pode pensar em empatar com o Juventus na Javari. Levamos o gol em uma desatenção. Um time que quer ser campeão não pode sofrer gol desse jeito”, disse o técnico Zé Maria em entrevista coletiva após o duelo.

Técnico e goleiro da Portuguesa analisam derrota e lamentam lanterna (Foto: Ale Vianna)
Técnico e goleiro da Portuguesa analisam derrota e lamentam lanterna (Foto: Ale Vianna)
MESMA LINHA
O comandante enxerga o lance do gol como desatenção do setor defensivo após uma cobrança de falta cobrada de forma rápida pelo Juventus. O goleiro Rafael Pascoal também seguiu o discurso do treinador e pregou pelo crescimento da Lusa nas próximas rodadas.

“Foi desatenção. Uma falta no meio do campo, erro de posicionamento da defesa. São coisas que temos que corrigir nos próximos dias”, completou o comandante, que foi apoiado pelo seu goleiro titular e um dos principais jogadores de seu elenco.

“O jogo foi nivelado. A gente teve uma desatenção na falta, o Garutti tentou cortar o cruzamento e teve uma infelicidade, acontece. Quando você tem uma equipe sem padrão de jogo, fica difícil, mas mostramos mais uma vez que temos determinação e padrão de jogo. Agora é acertar os detalhes para conseguir o resultado positivo".

PRÓXIMO DESAFIO
Focado em sair da lanterna da chave para brigar pelo G4 do Grupo 3, a Portuguesa volta a campo na próxima segunda-feira (22) quando enfrenta o Taubaté, no Estádio Prefeito José Liberatti, em Osasco, onde tem mandado seus jogos, às 20h.