Apesar do despiste, diretoria negocia com técnico para o Internacional

A pressão aumentou após a derrota por 1 a 0 para o Vasco, neste domingo à tarde, no Beira-Rio pela 27.ª rodada

por Agência Futebol Interior

Porto Alegre, RS, 20 - A sequência ruim do Internacional, que somou apenas seis pontos em sete jogos levantou a hipótese da diretoria buscar um novo técnico para ocupar o cargo vago com a demissão de Odair Hellmann. A pressão aumentou após a derrota por 1 a 0 para o Vasco, neste domingo à tarde, no Beira-Rio pela 27.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O interino Ricardo Colbachini não parece estar segurando a pressão vinda da torcida e da imprensa. Tanto que gerou desconfiança a demora para a sua entrevista coletiva após o jogo. Quem apareceu primeiro foi o diretor de futebol Rodrigo Caetano, confirmando a manutenção do interino, que já comandou o time em três jogos.

“Nosso movimento inicial foi para ter um novo técnico agora, mas não foi possível. Então vamos continuar com o Ricardo (Colbachini) que é funcionário do clube. Mas não podemos descartar alguma mudança, desde que haja alguma evolução ou algo diferente. Temos uma semana de trabalho e poderemos melhorar”, apontou o diretor de futebol Rodrigo Caetano.

 Ricardo Colbachini - Foto: Divulgação
Ricardo Colbachini - Foto: Divulgação

A diretoria tentou Tiago Nunes, do Athletico, mas teve a negativa imediata. Ele não aceitou assumir o cargo agora, por ter contrato com o time paranaense até dezembro.

O argentino Eduardo Coudet, do Racing, também foi contactado, mas também na aceitou abandonar o clube antes do fim do ano. Mesmo assim, o clube pode trazer outro técnico ou já pensar num nome que possa planejar e iniciar a temporada de 2020.