Guarani quita salários atrasados e alivia clima antes de duelo contra Cruzeiro

A opção em quitar do débito se deu com o intuito de impedir qualquer possibilidade de conflito interno entre diretoria e jogadores

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 10 (AFI) - O Guarani poderá focar exclusivamente na Série B do Campeonato Brasileiro. A diretoria pagou nesta segunda-feira os salários que estava em atraso, incluindo, o vencimento de julho, que era previsto para ser quitado, em comum acordo com os atletas, nas segunda quinzena de agosto.

A opção em quitar do débito se deu com o intuito de impedir qualquer possibilidade de conflito interno entre diretoria e jogadores. A dívida foi a público após o volante Ricardinho e o goleiro Matheus Cavichioli falarem sobre o atrasos nos salários, logo depois de assinarem com Sport e América Mineiro, respectivamente.

Guarani quitou os salários atrasados
Guarani quitou os salários atrasados
“O Departamento de Comunicação do Guarani Futebol Clube, em nome do Conselho de Administração, informa a todos que os salários dos atletas foram integralmente creditados na tarde desta segunda-feira, 10 de agosto, inclusive os salários do mês de julho, que, por acordo, seriam creditados apenas na segunda quinzena do mês de agosto. Portanto, todos os salários do Departamento de Futebol do Guarani estão religiosamente em dia”, diz o Bugre, em nota oficial.

SÉRIE B
Após perder por 1 a 0 para o CSA, no Rei Pelé, o Guarani vai mais aliviado para o confronto diante do Cruzeiro, marcado para esta terça-feira, às 20h30, no estádio Brinco de Ouro da Princesa.