Técnico do Guarani abre jogo sobre quarentena: 'Apreensão, incerteza e saudade'

Thiago Carpini tem mantido contato com os atletas, apesar do período sem treinamentos

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 06 (AFI) - A quarentena, provocada pela expansão da pandemia do Covid-19, tem deixado todos os amantes do futebol angustiantes, sobretudo pela falta de entretenimento, a distância dos estádios e a saudade do time do coração.

Com Thiago Carpini, treinador do Guarani, não é diferente. Em entrevista à Rádio Bandeirantes de Campinas, o comandante mostrou alta expectativa para reinício do Campeonato Paulista assim que o problema de saúde mundial for solucionado.

Carpini tem 50% de aproveitamento como treinador do Guarani - David Oliveira / Guarani FC
Carpini tem 50% de aproveitamento como treinador do Guarani

"Com certeza, a expectativa é grande para saber quando será retomado o Campeonato Paulista. Não só o Carpini e o Guarani, como todos os treinadores vivem um momento de apreensão, de incertezas, de saudades e de preocupação", desabafou.

"É uma mistura de muitos sentimentos, mas a gente ora para que as coisas tomem desfecho positivo. Creio que caminhamos para isso. Tudo passa, e essa situação vai passar. Enquanto isso, a gente tem que continuar tomando os cuidados. Que a gente possa voltar às atividades o mais rápido possível", emendou.

ABRIU O CORAÇÃO

Em alta com diretoria, torcida e elenco, Carpini aproveitou a semana anterior, na qual o Guarani completou 109 anos de fundação, para abrir o coração.

"Estou muito feliz de estar vivendo esse momento e de representar o Guarani neste momento. É mais um ano de vida, de tradição e de conquistas. É um clube grandioso, né!", valorizou.

"A gente sabe que o Guarani tem passado por momentos e por anos difíceis, mas a gente procura, de alguma maneira, deixar algum legado. Que o Guarani possa retomar toda a sua grandeza. Eu tenho muito carinho pelo Guarani, muita paixão e muita gratidão", finalizou.