Série B: Interino pede pés no chão ao elenco do Guarani após saída do Z4

Thiago Carpini lembrou que o Bugre pode retornar a zona de rebaixamento já na terça-feira se não mantiver o foco

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 21 (AFI) - Depois de quatro meses, o Guarani deixou a zona de rebaixamento da Série B do Brasileiro na manhã deste sábado com o Paraná, por 1 a 0, em Campinas. Mas a situação ainda não é tranquila e por isso o técnico interino Thiago Carpini pediu pés no chão.

"A sensação (de deixar o Z4) é a melhor possível, mas não podemos nos deixar levar pela euforia e entusiasmo. Pedi para eles pés no chão, porque podemos voltar para a zona de rebaixamento já na terça-feira. É um campeonato muito parelho e muita coisa vai acontecer", disse Carpini.

Thiago Carpini tem quatro vitórias e duas derrotas no comando do Guarani
Thiago Carpini tem quatro vitórias e duas derrotas no comando do Guarani
Desde que assumiu interinamente o lugar de Vinícius Eutrópio, Thiago Carpini teve quatro vitórias e duas derrotas. Todos os resultados positivos foram por 1 a 0, mas isso não incomoda o treinador bugrino, que citou o exemplo do Corinthians.

"O Corinthians foi campeão brasileiro com 14 ou 15 vitórias por 1 a 0. Se a gente tiver 14 vitórias por 1 a 0 até o final eu estou feliz. Na medida que as coisas vão acontecendo, podem aparecer vitórias mais tranquilas", finalizou Carpini.

Após começar o dia na lanterna, o Bugre subiu cinco posições e está na 15ª colocação, com 25 pontos. O Vila Nova, que abre a zona de rebaixamento, tem 24.