Com 'bênção' de Zico, Rogério Ceni vê oportunidade de ouro no Flamengo

Curiosamente, o treinador fará sua estreia no Mengão diante do São Paulo

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 10 (AFI) - Após desembarcar na manhã desta terça-feira no Rio de Janeiro, Rogério Ceni seguiu para o Ninho do Urubu e foi apresentado oficialmente como novo técnico do Flamengo. O ex-comandante do Fortaleza, que chega ao Mengão para substituir o catalão Domènec Torrent, terá pela frente as disputas do Campeonato Brasileiro, da Copa do Brasil e da Libertadores.

Ao lado do presidente Rodolfo Landim, do CEO Reinaldo Belotti, do vice-presidente de futebol Marcos Braz, e do diretor-executivo de futebol Bruno Spindel, o novo treinador rubro-negro falou sobre as expectativas para o novo desafio em sua carreira. Confira:

Rogério Ceni foi apresentado no Flamengo
Rogério Ceni foi apresentado no Flamengo

Com a palavra, Rodolfo Landim

“Muito feliz em poder contar com essa grande figura, um grande vencedor que agora comandará o time do Flamengo. É um profissional muito qualificado. Agradecemos a confiança e acreditamos que vai ser uma parceria muito boa e vitoriosa”.
Marcos Braz
“Muito feliz pela chegada do Rogério, por toda sua história no futebol. Futebol correto e excelente profissional. Essa grandeza que o Flamengo sempre procura. Desejamos uma boa sorte a ele. Nos dois últimos anos fomos campeões, fizemos um 2019 maravilhoso e um 2020 maravilhoso também. Queremos completar esse trabalho e conquistar mais títulos em 2021”.
Primeiras palavras de Rogério Ceni
“Obrigado a todos. É um dia muito especial para mim. Tenho 30 anos de futebol, já enfrentei o Maracanã lotado. Vi o Zico jogar, até liguei para ele e pedi a permissão para entrar no clube. É um cara único, que admiro muito pelas cobranças de faltas”.
Esquema tático
“Vamos trabalhar para achar o esquema que o time mais se sente à vontade. No Fortaleza jogávamos no 4-3-3, depois no 4-2-4. O mais importante é que os jogadores se sintam confortáveis. Vamos conversar e treinar, precisamos ser ofensivos e gostar da posse de bola”.
Convite do Flamengo
“Sou muito grato ao Fortaleza. O torcedor fica triste, mas acho que consegue compreender o tamanho deste desafio que aceitei. É muito difícil recusar o Flamengo pela grandeza, estrutura e os jogadores que estão aqui”.
Estilo de jogo
“O mais ofensivo possível. Fiquei muito tempo no gol, agora quero ficar o mais longe possível. De acordo com a qualidade técnica dos jogadores, o Flamengo gosta de ficar com a posse de bola e busca sempre o gol. O importante é o gol, a favor”.
Competições pela frente
“Todos querem ganhar tudo no futebol. Temos que ver o quanto cada um está disposto a se entregar para alcançar o objetivo. É um grupo muito vencedor. Quem disse que não é possível (ganhar tudo)? Ainda mais com um grupo de jogadores tão qualificados e uma torcida tão apaixonada como é a do Flamengo”.
Estadia no Ninho do Urubu
“É a única maneira, senão perdemos muito tempo. Vou ficar o tempo necessário para conhecer todos os setores do Ninho. Prefiro ficar por aqui. Muito bonito, melhor do que hotel. Quero acompanhar de perto os treinos das categorias de base também”.