Fernandópolis conta novamente com o Futebol Sustentável para reverter vantagem

Nas quartas de final, o Fernandópolis também perdeu o primeiro jogo, mas conseguiu avançar com estádio cheio

por Agência Futebol Interior

Fernandópolis, SP, 15 (AFI) - O Fernandópolis terá um grande aliado para a missão de vencer o Marília por dois gols de diferença e garantir o acesso à Série A3 de 2020. Isso porque a partida, que será realizada no domingo, às 10h, no estádio Claudio Rodante, contará com o Projeto Futebol Sustentável.

ALIADO IMPORTANTE

Nesta terça-feira, uma coletiva de imprensa foi realizada e contou com a presença do responsável pela E&L Marketing, Edivaldo Ferraz, que coloca em prática o Projeto Futebol Sustentável, em parceria com a Federação Paulista de Futebol.

Autoridades da cidade também marcaram presença: prefeito André Pessuto, vice-prefeito Gustavo Pinato, secretário de Esportes Humberto Cáfaro Filho e o presidente da Câmara de Vereadores Baroni. O presidente do Fernandópolis, Zé do Gás, e o vice-presidente, Jerry Falcão, também estiveram lá.

FUTEBOL SUSTENTÁVEL DEU SORTE

Nas quartas de final, o Fernandópolis também perdeu o primeiro jogo diante do Rio Branco por 2 a 1. No jogo de volta, em casa, e com sucesso do Futebol Sustentável, que encheu o estádio, o Fefecê reverteu a situação, venceu por 3 a 0, e avançou às semifinais.

Edivaldo Ferraz no microfone
Edivaldo Ferraz no microfone

FÁCIL DE PARTICIPAR

Com tantas vantagens para os clubes, só é necessário que a direção de cada um solicite o projeto em sua cidade e em seu clube. Basta encaminhar um ofício à presidente da Federação Paulista de Futebol.

Os clubes são beneficiados, porque aumentam suas receitas e tem a presença da torcida. O torcedor ganha a oportunidade de ir ao estádio ao lado de toda a sua família. O meio ambiente ganha com o recolhimento de tanto material plástico, um dos grandes males dos oceanos no século XXI.

Além disso, sempre uma cooperativa local fica com todo o material reciclado para reverter aos seus cooperados. Sem contar as dezenas de empregos gerados com toda a operação. Alguns clubes, tanto da Copa Paulista como da Segunda Divisão, já manifestaram o desejo de abraçar o SUSTENTÁVEL nestas novas fases.

O Programa Futebol Sustentável é idealizado pelo presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Reinaldo Carneiro Bastos, e executado pela E&L Marketing, empresa administrada por Edivaldo Ferraz.

PROJETO INOVADOR

Desde 2016, o projeto já tirou mais de 4 milhões de garrafas plásticas do meio ambiente. Assim, cerca de 2 milhões de torcedores já foram aos estádios paulistas, especialmente no Interior, através da ação.

"O que estiver a nosso alcance para que a torcida possa ir aos campos, que cada vez mais famílias frequentem os estádios paulistas, a Federação, enquanto eu presidir a entidade, vai fazer.O Futebol Sustentável é mais uma prova de como nossa gestão tem funcionado", disse Reinaldo Carneiro Bastos.