Meia do Coritiba, Rafinha critica ataque de ônibus são-paulino: "Torcedor extrapola"

No último sábado, o Coxa ficou no empate com o Tricolor por 1 a 1

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 24 (AFI) - Um dos pilares do Coritiba no Campeonato Brasileiro, o meia Rafinha condenou as ações de torcedores do São Paulo que tentaram atacar o ônibus com a delegação da equipe, antes do duelo contra o Coxa. Com o time tenso em campo, o Tricolor não saiu de um empate por 1 a 1, em pleno Morumbi.

"Ficamos tristes com algumas coisas do futebol brasileiro. O torcedor ás vezes extrapola. Todo mundo é trabalhador. Imagine como seria o mundo se o chefe dos torcedores fossem cobrá-los no trabalho, jogando pedra e querendo agredir", falou o meia.

Rafinha criticou os torcedores em ataque a ônibus do São Paulo
Rafinha criticou os torcedores em ataque a ônibus do São Paulo
SITUAÇÃO!
Apesar do Coritiba estar em uma situação bem pior em relação ao São Paulo, a torcida vem tendo bom comportamento na temporada e vem respeitando atletas, comissão técnica e diretoria.

O Coritiba é o 18º colocado do Brasileirão, com 27 pontos, ainda longe de deixar a zona de rebaixamento. O time paranaense, no entanto, soma quatro jogos sem derrota.