Série B: Argel Fucks espera decidir se fica ou não no Coritiba

Contratado em novembro, o comandante tem vínculo com o clube paranaense até o fim de novembro

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 05 (AFI) - O Coritiba já vai iniciar o planejamento para a próxima temporada depois de não ter mais chances de acesso ao ser derrotado pelo Guarani, por 2 a 0, em pleno Couto Pereira, no último sábado. A prioridade da diretoria é definir ou não a permanência de Argel Fucks.

Contratado no dia 16 de setembro para o lugar de Tcheco, que voltou a ser auxiliar, Argel Fucks acumulou duas vitórias, quatro empates e apenas uma derrota. Seu contrato com o Coritiba se encerra no final de novembro, logo após a última rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

"Precisávamos acabar com as chances de acesso para ter essa conversa. A partir desse momento, vamos decidir se fico ou não. É um ano de aprendizado para todos. Sei que é difícil para o torcedor, a dor é grande pelo tamanho do clube, mas o futebol é assim", disse o treinador.

Na décima colocação, com 46 pontos, o Coritiba não tem mais chance de acesso e nem corre risco de rebaixamento. Ou seja, vai apenas cumprir tabela nas últimas quatro rodadas. Nesta terça-feira, o Coxa enfrenta o São Bento, em Sorocaba.

O técnico Argel Fucks espera decidir se fica ou não no Coritiba o quanto antes
O técnico Argel Fucks espera decidir se fica ou não no Coritiba o quanto antes

MUDANÇAS!
Apesar do Coritiba não brigar por mais nada, Argel Fucks falou em terminar o campeonato com "dignidade". E é com esse pensamento que a delegação embarcou para o interior de São Paulo. O treinador definiu o time coxa-branca com cinco mudanças em relação ao último jogo.

O volante Vitor Carvalho recebeu o terceiro amarelo e o atacante Guilherme foi expulso. Escobar e Pablo serão os respectivos substitutos. Já o atacante Guilherme Parede volta de suspensão no lugar de Yan Sasse. Por opção do treinador, Thalisson Kelven e Chiquinho entram nas vagas de Rafael Lima e Jean Carlos.

O provável Coritiba é: Rafael Martins; Leandro Silva, Thalisson Kelven, Alan Costa e Abner; Escobar, Simião e Chiquinho; Guilherme Parede, Pablo e Alecsandro.

 
 
" />