Tiago Nunes explica como pretende criar "linha de sucessão" na base no Corinthians

Treinador quer que sub-20, sub-23 e profissionais tenham interação entre si para melhor aproveitamento dos atletas da base

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 28 (AFI) - O técnico Tiago Nunes pretende implementar mudanças não apenas no time principal do Corinthians, mas também nas outras categorias do clube. O treinador pretende criar uma linha sucessória entre a base e o profissional.

Tiago Nunes pensa em maneiras de aproveitar melhor os atletas criados no Alvinegro. Ele citou a equipe sub-23, que ainda não tem uma definição sobre os melhores atletas em cada posição, algo que ele espera contar a partir de agora.

"O primeiro passo num processo de formação é ter uma linha de sucessão clara. Por exemplo: nós temos hoje dois laterais-direitos, o Fagner e o Michel. Quem é o próximo lateral-direito da linha de sucessão do clube? Eu não tenho clareza disso ainda. Porque o Corinthians no seu sub-23 não tem uma clareza ainda, ou não tinha, de qual é o sentido daquela equipe, que é um time de transição, explicou Tiago Nunes, ao "Bandsports".

Tiago Nunes quer implementar mudanças na base do Timão (Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)
Tiago Nunes quer implementar mudanças na base do Timão (Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

TRANSIÇÃO

A categoria sub-23 do Corinthians foi criada no ano passado, mas passou seu primeiro ano sem fornecer nenhum atleta para a equipe profissional. Além disso, a falta de relação com o sub-20 incomoda Tiago Nunes.

"Não tem sentido ignorar a existência da categoria sub-23. Aconteceu no final do ano, subiram cinco ou seis jogadores do sub-20 direto para o profissional, sem ao menos saber quem está no sub-23. Minha preocupação é que haja uma linha de sucessão clara, os jogadores com maiores destaque no sub-20 estejam no sub-23 e os de destaque no sub-23 estejam no profissional", pontuou.

Osmar Loss, que retornou ao Alvinegro no início do mês na função de coordenador técnico da base, ficará como um dos responsáveis por promover o processo. A comissão técnica de Tiago Nunes procura se manter próxima do departamento de formação.