Antes do mata-mata, goleiro da Chapecoense: "Catarinense é a preparação para Série B"

Na quarta-feira, 8 de julho, a Chapecoense enfrentará o líder Avaí, às 21h30, na Arena Condá

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 03 (AFI) - A Chapecoense se prepara para a volta do Campeonato Catarinense. Dona da pior campanha na primeira fase, a Chapecoense irá enfrentar o Avaí nas quartas de final. O goleiro João Ricardo, apesar de buscar o título, vê o Estadual como preparação para a Série B do Campeonato Brasileiro.

"O Catarinense é a preparação para Série B, você pode tirar muitos proveitos do estadual. Por mais que a gente não tenha começado o estadual da forma que todo mundo esperava, mas agora esses dois meses foram muito importantes para a sequência de todo ano. A gente se preparou bem, a parte física está bem afinada", disse ele.

De olho na Série B. (Foto: Márcio Cunha / Chapecoense)
De olho na Série B. (Foto: Márcio Cunha / Chapecoense)
Na quarta-feira, 8 de julho, a Chapecoense enfrentará o líder Avaí, às 21h30, na Arena Condá. A volta será quatro dias depois, às 16 horas, no estádio da Ressacada, após a Prefeitura de Florianópolis liberar jogos na capital.

"Avaí é um time grande, Chapecoense é um time grande, acho que com essa parada as duas equipes tiveram muito tempo para trabalhar. Lógico eles têm a vantagem de jogar o segundo jogo em casa, que querendo ou não é uma vantagem, mas como você falou, não tem torcedor", analisou João Ricardo em relação aos jogos com portões fechados.

RECEIO!
Mesmo de volta aos treinos presenciais e com jogos marcados para a próxima semana, João Ricardo acredita que o país não está preparado para a volta do futebol por conta da pandemia do novo coronavírus.

"Não só Santa Catarina, acho que o Brasil e o mundo todo não está preparado, mas as autoridades criaram um protocolo de segurança e nos deixam mais tranquilos. Se a gente seguir todos os protocolos, o percentual de contaminação é muito baixo e isso nos tranquiliza pra poder voltar aos jogos", finalizou.